sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Lançamentos de janeiro das editoras Arqueiro e Sextante

E aí, meu povo fiel. Tudo bem com vocês? 

Hoje estou passando por aqui para apresentar os lançamentos das editoras Arqueiro e Sextante. Como de costume, falarei apenas daqueles que mais me interessaram, pois são muitos livros lançados. Mas vocês podem conferir todos os lançamentos nas redes sociais das editoras. 

E agora vamos parar de enrolar e conferir que livros lindos são esses? 


Arqueiro

Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho.
É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte - principalmente as protagonistas.
Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.


Os tolos alardeiam o que vão fazer. Os heróis fazem.
Thorn Bathu não é uma garota comum. Mesmo tendo sido criada numa sociedade machista, ela vive para lutar e treina arduamente há anos. Porém, após uma fatalidade, ela é declarada assassina pelo mesmo mestre de armas que deveria prepará-la para as batalhas.
Para fugir à sentença de morte, Thorn se vê obrigada a participar de um esquema do ardiloso pai Yarvi, ministro de Gettland. Ao lado dela se encontra Brand, um guerreiro que odeia matar, mas encara a jornada como uma chance de sustentar a irmã e conquistar o respeito de seu povo.
A missão dos dois é cruzar meio mundo a bordo de um navio e buscar aliados contra o Rei Supremo, que pretende subjugar todo o Mar Despedaçado. É uma viagem desafiadora, em que Brand precisa provar seu valor e Thorn fará o necessário para honrar a memória do pai e se tornar uma verdadeira guerreira.
Guiando os personagens por caminhos tortuosos em busca de amadurecimento e redenção, Joe Abercrombie mais uma vez nos maravilha com uma história grandiosa, que se sustenta sozinha por seu vigor, mas também dá continuidade à saga de Gettland e Yarvi. Finalista do prêmio Locus, Meio Mundo deixará o leitor na expectativa do desfecho desta série épica.


Traduzidos para 50 idiomas, os livros de Nicholas Sparks já venderam mais de 100 milhões de exemplares no mundo.
“O sucesso de O diário de uma paixão não foi mera sorte. Mais uma vez Nicholas Sparks oferece uma história de amor comovente, maravilhosamente escrita e extremamente romântica. Sua forma de narrar os obstáculos que as pessoas enfrentam nos
relacionamentos é sensível e cheia de esperança.” – Booklist
Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém.
Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Lá, Theresa encontra na praia uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro.
Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada
Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo
especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.”
Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte.
Quando o conhece, descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também.
Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.



Sextante

Uma arqueira mercenária, um mago advogado, um esqueleto cegueta, um gigante dono de loja e muitos, mas muitos goblins…
Chegou a hora de conhecer a biografia de Skulk, o bárbaro covarde.
A vida não está nada fácil para Skulk. Ainda no nível 1, ele sente que é uma piada para todos, principalmente para Conan, o bárbaro mais popular do lugar (mas não é aquele em que você está pensando, tá? O Conan dessa aldeia é um cabeção...).
Querendo avançar mais níveis, ele tem uma ideia brilhante: passar a noite na mina para extrair elixir e acumular experiência. Mas, atrapalhado como é, acaba danificando a linha de Ley, responsável pela defesa da aldeia.
Com um ataque de goblins a caminho, Skulk terá que vencer seus medos para salvar os amigos (e a si mesmo). Só um detalhe pode atrapalhá-lo nessa missão: ele não tem ideia de como vai fazer isso...

Este livro não vai lhe ensinar a parecer jovem com meios superficiais. Aqui, parecer e se sentir mais jovem são consequências do efeito antienvelhecimento biológico real e das funções celular e hormonal de fato mais jovens. E o melhor é que você usará substâncias naturais seguras e eficazes para alcançar esses resultados.” – Roxy Dillon
“Naturalmente mais jovem proporciona uma abordagem rápida, informativa e instigante no combate ao envelhecimento.” – Booklist
As rugas, a flacidez e o cansaço não precisam ser uma parte inevitável do envelhecimento. Esses e outros sintomas desagradáveis indicam o declínio das funções celular e hormonal que acontece após os 30 anos. A boa notícia é que eles podem ser interrompidos e até mesmo revertidos.
A partir de estudos, casos bem-sucedidos de clientes e experiências pessoais, a pesquisadora e terapeuta nutricional Roxy Dillon elaborou o programa Biojovem, que utiliza ingredientes naturais e acessíveis para ajudar as pessoas a envelhecer com beleza, saúde e qualidade de vida.
Ela revela quais alimentos, ervas, suplementos e óleos essenciais devem fazer parte da sua rotina e explica como seus componentes químicos contribuem para normalizar a pressão arterial, revigorar a pele e prevenir o surgimento de células cancerosas. Você vai aprender a:

• Aumentar a energia para o dia a dia e a libido.

• Combater as rugas, a celulite e a flacidez.

• Manter o cabelo sedoso e prevenir a queda.

• Transformar gordura em músculos.

• Reverter os efeitos da menopausa.

• Evitar diversos tipos de câncer, como os de pele, mama e pulmão.

• Criar um plano antienvelhecimento personalizado.


“O que eu sei de verdade é: sua jornada começa com a decisão de se levantar, sair e viver plenamente.” – Oprah Winfrey
Entre os talentos de Oprah Winfrey está sua capacidade de compreender a natureza humana como poucos e, ao mesmo tempo, colocar essa sabedoria em palavras.
Desde que foi questionada sobre as coisas de que tinha certeza na vida, ela passou a registrar suas reflexões sobre relacionamentos amorosos, família, autoestima, medos, fracassos e superação.
Em textos curtos, Oprah oferece mensagens profundas que vão ajudar você a fazer as pazes com seu corpo, a construir relacionamentos mais harmoniosos, a mudar sua maneira de encarar os problemas e a extrair da vida o máximo que ela tem a oferecer.




Então é isso por hoje, pessoal. Curtiram os lançamentos? Quais atraíram mais vocês? Me contem! 


Se você gostou dos lançamentos, compartilhe com os amigos. 


Um beijão e até a próxima! 

sábado, 7 de janeiro de 2017

Aquisições de dezembro/do ano que não deve ser nomeado

Olá, meu povo. Tudo certinho por aí? 

Eu sei, eu sei. Ando sumida, até parece que esqueci de vocês. Mas não é nada disso.

É que voltei a trabalhar fora, estou com alguns probleminhas de saúde, muitos médicos, muitos exames... Mas isso é assunto para outra hora. 

Vamos falar de coisa boa? 

De livros, ué. Do quê mais? Hhahahah 

Bem, dezembro foi um mês muito calmo. E janeiro provavelmente também será. Pois uma das minhas metas para 2017 é maneirar nas compras. Sério galera, tô com muitos (MUITOS) livros não lidos aqui. E é um pecado deixá-los abandonados na estante. Por isso quero aprender a controlar meu cartão de crédito. O safado sempre escapa de mim hahahha 

E eu estou enrolando novamente... 

Vamos lá? 

Dark House foi uma troca que fiz no skoob. E a menina resolveu me presentear também com Como Viver Eternamente. Ah, essas pessoas maravilhosas hahahha 


Já conheço o trabalho do Tropper e curto bastante. E agora finalmente conhecerei essa história. Espero curtir. AS Cordas Mágicas eu já comecei a ler e parece o tipo de coisa que eu gosto. 


Alguém disse que eu estou velha demais para gibis? Tô nem aí hahahha. Leio mesmo! Eu estava esperando o ônibus e não tinha nada para ler, fui na banca mais próxima e paguei um gibizinho porque eu sou dessas hahah. 


E é só isso... Eu disse que essa postagem era humilde hahahah 

Mas me contem, alguém já leu um desses? Tem vontade? 

Ah e antes que me perguntem, eu não ganhei livros de natal e esse foi um pedido meu mesmo. Sério gente, não tem mais espaço em casa hahha 

Então vou lá :) 

Um beijão e até a próxima! 


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

17 livros para 2017

Olá, meu povo amado. Tudo bem com vocês? 

Aqui está tudo indo... os últimos dias foram um pouco tensos e os últimos 4 dias pareceram um ano de tanta coisa que aconteceu. Mas sobrevivemos ao ano que não deve ser nomeado e é isso que importa agora :) 

Então vamos falar de coisa boa? Vamos falar de metas de leitura? Se vamos cumprir é outra história hahahha. Mas fiz uma listinha com alguns livros que pretendo ler esse ano. 

Bora conhecer quais são eles? 


Essa trilogia já era meta do ano passado. Mas infelizmente não rolou. Minha edição não é das melhores e a letra é minúscula :( Mas em 2017 acho que rola hahahha 

Outro livro que ficou para trás da meta passada. Mas ele tem uma proposta tão bacana que precisei colocar como meta novamente hahahha


Mais um que ficou da meta não cumprida hahahhah. Não sei vocês, mas eu às vezes fico com vergonha por nunca ter lido um trabalho de autores famosos. Esse ano eu crio vergonha na cara e leio esses autores hahaha 


Esse na verdade é uma releitura. Queria ter realizado a mesma no ano passado, mas infelizmente não deu. Mas esse ano vai. Amo essa história e estou com saudades desses personagens. 


Agora sim, começou a meta com livros desse ano hahhaha. Fiquei louca para ler esse livro depois que a minisérie foi lançada. Não, eu não a vi. Sim, eu sei que muita coisa foi modificada e romantizaram tudo o que não deveria ser romantizado. É por isso mesmo que resolvi ler o livro e não ver o filme. 


Dan Brown é aquele tipo de autor que te prende do começo ao fim. Gosto muito do trabalho dele e ganhei esse livro faz um tempinho. Já queria ter lido muito antes, mas cês sabem né que vida de leitora é difícil hahahah. 


Sou daquele tipo de pessoa que quando curte uma coisa, fica meio viciada. Mesmo que por algumas horas hahahha. Vi todos os filmes certo tempo atrás e me apaixonei novamente. Então claro que corri adquirir o livro hahahah


Quando esse livro foi lançado eu surtei. Mas adquiri não faz muito tempo. Mas como era um livro muito desejado, acho um pecado deixar ele na estante pegando poeira hahha 


Nunca li nada do Dracon e esse ano mudarei isso. Como já tenho esse livro aqui em casa, fica um pouco mais fácil hahah 


Mais um daqueles autores de que eu me envergonho de nunca ter lido ahhahahah. Mas esse ano, Graciliano, eu mudo isso hahah. E eu tenho duas edições desse livro, então não tem nem desculpa. 


Esse livro foi uma indicação de um professor. Ele tem uma proposta interessante e acho que posso gostar bastante dele. 


Minha cunhada e minha sogra são viciadas nessa série. Confesso que acho que não vou curtir. Mas já que tenho o box completo aqui em casa, está na hora de pegar e lê-lo. 


Ganhei esse livro tem um tempinho já. Ele não parece o tipo de livro que eu iria gostar, mas alguma coisa em sua sinopse mexeu comigo e resolvi ler hahah 


Talvez você não saiba, mas tudo indica que Pi é um plágio descarado de Max e os Felinos. Parece que o próprio Yann confessou isso... Eu ainda não li nenhum dos dois. Mas quem já leu, disse que é isso mesmo. Então esse ano eu lerei os dois e conto para vocês o que eu achei. 


Puros tem uma proposta muito legal e eu não posso mais ver esse livro parado na estante ahahha. Dá uma dor. 


Aquele livro que todo mundo leu, menos você... E olha que eu sou fascinada na história da Segunda Guerra. Mas a anta aqui nunca leu esse diário. Esse ano eu mudo isso, ah, mudo sim hahahha


Sei que muita gente teme o Alencar. Mas eu confesso para vocês que já perdi o medo dele. Verdade seja dita, li apenas um livro dele, mas curti tanto que virei fã hahah 



Então é isso, meu povo. Como vocês puderam ver, eu dei uma roubadinha básica e não são apenas 17 livros, mas sim 24 hahahha. Mas acho que vai dar tudo certo e conseguirei ler todos. Torçam por mim! 

Mas agora me contem, vocês gostaram das minhas escolhas? Já leram algum desses? Como vocês podem ver, o gosto da criatura é uma mistura de tudo hahahah. E vocês? Quais são os livros que não escapam de vocês nesse ano? Me contem tudo! 


Um beijão e até a próxima! 

domingo, 1 de janeiro de 2017

Metas para 2017

E aí, meu povo amado. Tudo bem com vocês? 

Estão todos bem? Sobreviveram a comilança? Comeram lentilha? Pularam sete ondas no mar? Comeram 12 uvas? Beberam muito? Me contem!!!!!!! 

Minha entrada para esse ano foi super legal e foi lá na casa da minha sogra. Nós chegamos em casa às 5h da manhã. Agora é 8:45h. Pois é, eu amooooo dormir, mas acho que o sono é que não gosta de mim hahahahha. 

Então aqui estou para falar sobre minhas metas para 2017. São metas bem variadas e coisas de todo o gênero. Mas nada melhor que deixar todas elas juntinhas em um só lugar =D 

Elas não estão em ordem de importância, nem nada do tipo. Mas vamos lá? 


Ler os 17 livros escolhidos para 2017
No ano que não deve ser nomeado eu não consegui ler todos os livros que tinha colocado como meta. Mas eu realmente espero que em 2017 eu consiga. Torçam por mim. 

Lançar a segunda edição de Justa Causa
Justa Causa está sendo postado no wattpad. Mas em 2017 eu também pretendo lançar essa segunda edição em versão impressa e em e-book na Amazon. 


Lançar o livro físico A Vadia
A Vadia já está disponível na Amazon, mas esse ano também sai a versão impressa. Yes!!!!! 


Comprar menos livros
Ok, essa pode ser uma meta meio estranha vindo de uma leitora, escritora e blogueira. Mas genteeeee, eu compro muitos livros. Muitos! Não tenho mais espaço aqui em casa. Em um mês do ano que não deve ser nomeado eu comprei mais de 30 livros. É coisa pra caramba. E muitos, MUITOS, eu ainda não li. Por isso em 2017 preciso aprender a controlar meu impulso. 


Voltar a estudar inglês
Se tem uma coisa que atrapalha muito a minha vida é o meu inglês (ou seria a falta dele?) Na verdade eu tenho um bom conhecimento, mas e treino? E continuar aprendendo? Acho até que já esqueci quase tudo por causa da falta de prática. Então em 2017 a meta é voltar a estudar essa língua, que particularmente eu não curto, mas que sei da importância dela para a minha vida. 


Voltar a estudar libras
Na minha opinião, Libras é uma língua que todo brasileiro precisava aprender. Acho o cúmulo dos cúmulos nossas escolas ensinarem inglês e espanhol (ainda que de forma medíocre) e não ensinarem Libras. Eu amo essa língua, conheço bastante dela, mas me falta treino. Então em 2017, bora treinar e estudar muito mais. 


Me formar na faculdade
E neste ano eu termino a faculdade de Marketing. Adoro esse curso e confesso que sentirei saudades. E cá entre nós, esse estudo me ajudou muitoooo quando eu lancei A Vadia hahahha. 


Comemorar 5 anos de namoro
Neste ano eu e este doido faremos bodas de madeira. E esperamos comemorar muito bem, com muito amor e muito bolo. 


Emagrecer
Sei que emagrecer é uma meta de virada de ano para muita gente. Não sou a favor dessa obsessão pelo corpo magro, pois sei onde ela pode nos levar. Mas eu quero muito emagrecer em 2017. Porque a minha vida inteira eu fui magra e engordei por causa da depressão. E não quero mais me olhar no espelho e ele me lembrar o tempo todo da minha doença. Eu quero me olhar no espelho e quero que ele me ajude a lembrar quem eu sou. Eu sei que isso pode soar fútil, mas toda vez que olho para o espelho (olhava na verdade, porque depois de tantos quilos já perdidos, eu já consigo me ver muito melhor) eu vejo uma pessoa doente. E ninguém merece sentir isso. 


Baixar colesterol
Minha família toda tem colesterol alto e hipertensão. Pai, mãe, avós, tios, primos... E recentemente descobri que estava com o colesterol elevado. Nada para se preocupar, segundo meus médicos. Mas quando toda a sua família já tem um problema, você quer evitar o mesmo o máximo possível. Tenho me alimentado melhor e feito muito exercício. Então em fevereiro farei um novo exame e eu espero de verdade que o colesterol tenha baixado. 

Deixar cabelo crescer/manter os cachos
Simplesmente amo mudar o visual. Já tive cabelo curto, muito curto, comprido, muito comprido, médio, loiro, castanho, avermelhado, amarelo, laranja, liso, escorrido, ondulado, cacheado... 
Mas recentemente resolvi voltar para as minhas origens e deixar o cabelo natural novamente. 


Fazer exercícios físicos pelo menos 30 min por dia, todos os dias
Durante toda minha vida eu me exercitei muito. Mas nos últimos três anos, simplesmente larguei tudo. Coisas que antes eram simples, se tornaram uma tortura. Foi aí que resolvi que não dava mais. E eu redescobri o prazer de me exercitar. Sei o quanto minha vida é corrida e sei que não posso mais fazer aulas de danças, 6,7,8 horas por dia. Mas quero pelo menos fazer 30min de exercícios físicos todos os dias de 2017. 

Participar da Bienal 
Essa talvez seja a meta mais difícil de cumprir. Como eu moro no RS, trabalho fora, tenho uma gata, um marido e não gosto de viajar sozinha, ir para a Bienal não é fácil. Mas neste ano eu e meu marido queremos ver se conseguimos nos programar para visitar esse evento lindo. Esperemos que tudo dê certo e que possamos fazer esse passeio. 


Lançar a antologia: Isso também é preconceito! 
Eu e a Luíza Aranha estamos organizando um concurso de contos. E neste ano sai a versão física do livro com os contos escolhidos. Estamos muito ansiosas. Confira o edital e participe também. 


Encontrar um bom terapeuta
No ano que não deve ser nomeado eu resolvi começar a fazer terapia. Mas minha primeira psicóloga não era o que eu esperava. Sempre disse que se um dia eu consultasse com um psicólogo, eu faria com que ele enlouquecesse. E no final, acho que eu estava certa. Mas não desistirei. Terei um bom acompanhamento ou enlouquecerei todos os profissionais tentando. 


Organizar minha rotina
A gente tá muito acostumado a achar que rotina é uma coisa ruim. Mas nem sempre é assim, às vezes ela ajuda muito. E eu estou precisando muito organizar a minha porque tem muita coisa rolando, muitos projetos novos chegando, muitas coisas para fazer e se eu não me organizar, enlouquecerei antes dos 24 anos. 

Me manter mais perto da minha família
Eu amo muitoooooo a minha família. Mas não sou uma pessoa que costuma visitar os outros. Por isso às vezes acabo me afastando dos meus amores. Mas em 2017 quero ao máximo mudar isso e visitar mais meus irmãos, primos, sobrinhos, tios. 

Fazer novos amigos e permanecer ao lado dos antigos
Que 2017 seja um ano repleto de bons amigos. De velhos e novos. 

Aprender a dançar com o marido
Se tem uma coisa que mesmo não sabendo fazer, eu amo fazer, essa coisa é dançar hahahahhaha. Mas se a pessoa que estiver comigo souber dançar, juro que engano direitinho ahhahahha. Mas meu marido é o ser mais desastrado, pisador de pé que eu conheço, então imaginem a tortura. Então uma das metas para esse ano é fazer aula de dança com esse alemão. 


Lançar a nova coluna do blog: Lugar de fala 
Neste ano que se inicia vamos ter uma coluna nova no blog. Será uma coluna super bacana e de grande importância que tenho certeza de que vocês vão gostar. Logo, logo eu trago mais detalhes. 

Organizar/manter o canal ativo 
No ano que se passou eu já organizei bastante o meu CANAL, mas ainda há muitas coisas para se melhorar e o público dele ainda é super pequeno quando comparamos com o blog. Por isso em 2017 manterei o blog, mas farei de tudo para ver o canal crescer também. 


Escrever um livro 
Ok, já escrevi vários livros. Mas em 2017 com certeza escreverei mais, porque eu sou dessas hahahha 


Uouuuuuu!!!!! Quantas metas para 2017. Mas prometo aqui, para vocês e para mim, que me esforçarei ao máximo para cumprir todas elas. 

Desejo a vocês um ano novo repleto de coisas maravilhosas e que em 2017 nós possamos estar ainda mais pertinho. Amo cada um de vocês, de todo o meu coração e meu muito obrigada por acompanharem essa pessoa surtada em todo o ano que passou e por me acompanharem nesse ano que está começando. 

Um beijão e até a próxima! 

sábado, 31 de dezembro de 2016

Tag: Balanço Literário 2016

E aí, meu povo amado. Tudo bem com vocês? 

Finalmente 2016 está indo embora. Todos comemoram agora hahhahah 


E para encerrar o ano aqui no PE resolvi responder uma tag falando sobre as leituras que fiz nesses 12 meses. 


E aí, vamos lá? 






Primeiro livro que li em 2016
A primeira resenha que saiu no blog não foi desse livro. Mas foi de um livro que eu havia lido em 2015. O primeiro livro que li mesmo em 2016 foi Eterna. A história é linda, mexeu muito comigo e inclusive entrou para o top 10 de 2016. RESENHA.

Melhor livro
Existem livros e livros. Enfeitiçadas com certeza é O livro. Ficou em 1º lugar no top 10 desse ano. O enredo é basicamente simples, envolvendo magia, família, romance... Mas o ponto alto mesmo do livro é todas as críticas sociais que ele nos apresenta. E sério gente, chega a ser assustador perceber que não estamos muito longe da realidade apresentada no livro. RESENHA

Pior livro
Pode parecer injustiça colocar esse livro aqui. Mas ô gente, o que é que vocês viram nessa história? História chata, mal escrita, preconceituosa, incentiva a falta de cuidado e um sem fim de coisas. Foi o único livro em toda a história do PE que mereceu uma postagem com 10 motivos para não ler a obra. Pois é. Ruim é pouco. RESENHA

Melhor personagem
Não é que Viv seja uma pessoa super legal. Nada disso. Mas acho que é justamente isso que a torna tão interessante. Ela surpreende, porque não é o que estávamos esperando. Viv morreu neste mundo. Mas está viva em outro. E quando seu namorado desta vida, a conhece na outra... bem... só lendo para saber. 
Cada pessoa tem um entendimento ao realizar uma leitura, mas na minha opinião, Emily foi muito feliz ao criar Viv. Ela não é o que se espera de um personagem do tipo, não é o que ninguém esperava e tem atitudes tão definidas na outra vida que conseguem explicar muito bem o motivo dela ser assim nesta vida. Sério, galera, LEIAM! RESENHA

Pior personagem
Petruchio é machista, preconceituoso, arrogante. Acho impossível amar uma pessoa assim. O Petruchio original é bem diferente do que os românticos de plantão (prazer, eu) esperavam após ter assistido O Cravo e a Rosa. Não que a história seja ruim e não que o livro seja machista. Estou falando do personagem e não do livro. RESENHA.

Crush literário
Romeu! Ah, Romeu! Sei que ele não é a melhor escolha e que eu certamente fugiria dele e falaria para minhas amigas fugirem também. Porque Romeu é problema. Mas... Eu já tinha ficado levemente encantada com ele no primeiro volume da duologia. Mas ao ler esse segundo volume, me apaixonei demais. Certeza de que ele é o tipo de cara por quem eu me apaixonaria no primeiro sorriso. E acho... na minha humilde opinião, que ele não é exatamente o monstro desenhado no primeiro livro. Ele está mais para um menino perdido e enganado. Esse livro não é tão bom quanto o primeiro, mas não estou falando da história e sim do personagem. RESENHA. 


Melhor quote
Pensei em vários quotes para essa postagem. Todos muito bonitos. Mas eu queria algo que tivesse me marcado e que representasse muito bem 2016. E com certeza nada melhor do que o quote abaixo para simbolizar o que foi esse ano. 

"- Não entendo o que temos a ver com a tristeza da pata. Não somos pata." 

Quantas vezes nós não dissemos isso? Ou ouvimos isso? Ou quantos protestos foram feitos por causa desse pensamento? Quantas pessoas não morreram por causa disso? 

A gente precisa sim pensar na dor do outro e ajudar o outro. Mesmo que não seja da família, amigo ou mesmo conhecido. Que em 2017 sejamos menos egoístas e ajudemos as patas, os cachorros, as pessoas, o mundo. 

O livro é lindo e trás muitas mensagens incríveis. Mas esta me marcou demais. RESENHA

Melhor capa
É eu que mando nessa parada aqui e vai ter #AVadia sim hahahhaha. Não lembro de nenhuma capa que tenha realmente me marcado esse ano. Isso se eu não contar a minha hhahahah. Então resolvi trazer para cá essa capa linda que foi feita pelo Gabriel Casanova. Foi amor a primeira vista por ela. COMPRE AQUI

Personagem pombo (aquele que nem fede, nem cheira)
É um pouco frustrante perceber que nos romances românticos, ainda que a "protagonista" seja uma mulher, o maior papel de destaque fica mesmo para os homens. Então é com alegria que eu digo que em Enfeitiçadas isso não acontece. Tudo bem que a história não é exatamente de amor, mas existe um romance ali. E a Cate não fica apagada por causa de seu par. Muito pelo contrário. Ela é que a protagonista. Ela é que manda no bagulho todo. Não que Finn seja um personagem ruim. Ele até é fofinho e tal, mas fica completamente apagado quando a gente lembra do brilho da Cate. RESENHA.

Melhor continuação de série
Eu não li muitas séries esse ano. Mas Luminoso foi um livro que me agradou bastante. Eu já tinha lido o primeiro volume e curtido bastante. E quando li o segundo gostei muito, tanto que continuei a série. Essa série é super bacaninha e bem jovem, pena que ela não é tão conhecida. RESENHA.


Descoberta do ano (autor ou livro)
Pois é! Mesmo amando livros policiais, nunca tinha lido nada da nossa Rainha do Crime. Mas eis que esse ano mudei isso e gostei de tudo o que li dela. Com certeza vou ler mais obras no ano de 2017. Quem ainda não conhece o trabalho dessa mulher, precisa conhecer. 

Decepção do ano
Se falou muito bem da Dani Atkins esse ano. Mas juro que não entendo o motivo. A mulher não tem criatividade, suas histórias são parecidas, clichês, mal escritas. Ok, talvez eu esteja sendo um pouco cruel. Mas eu estou com fome, então relevem. Eu li Uma Curva no Tempo e não curti. Depois li A História de Nós Dois e também não curti. Ou seja, uma grande decepção. Porque um livro ruim a gente até perdoa. Mas copiar o próprio livro ruim, ah, gente, isso é demais. RESENHA e RESENHA

Melhor adaptação literária
Provavelmente quem leu a HQ que originou esse filme vai descordar de mim. Mas eu não li, então... É que não vi muitas adaptações esse ano. E o único filme bom mesmo que li e que foi inspirado em uma obra literária foi esse. Então aqui está. Mas em 2017 pretendo ler a história original. 


Melhor final de livro
Dificilmente um final de livro me agrada totalmente. Mas em O Alquimista isso aconteceu. Gosto desses finais que acabam com uma grande mensagem e é o caso desse livro. Sei que muita gente detesta o Paulo, mas eu o adoro. Podem me julgar. RESENHA


Melhor aquisição





Esse ano foi um ano de muitas compras. Mas acho que a melhor (R$) aquisição que fiz, foi ter comprado esses livros em um sebo. Paguei 2,00 em cada um. 


Livro(s) que eu pretendia ler, mas não li. (Aquele/s que você tinha certeza que leria, mas não rolou por algum motivo)




Apesar de ter lido mais de 160 livros esse ano, não li todos os livros que havia colocado como meta. Eles ficarão para 2017. Na verdade A Bússola de ouro eu já li, mas não li os outros. E O Senhor dos Anéis eu comecei a ler o primeiro volume, mas estou bem longe do final. 


Último livro que li em 2016
E o 162º e último livro lido em 2016 foi A Bússola de Ouro. Ainda não tem resenha, pois farei resenha da trilogia toda. Mas já adianto para vocês que é um livro bem bacana. 

Melhor editora (em relação a lançamentos do ano)
Não sou uma pessoa de comprar lançamentos. Nem mesmo de ficar interessada em lançamentos. Sempre dou preferência para ler resenhas primeiro. Sou dessas. Mas convenhamos que é bastante difícil não querer um livro lançado pela Dark. Dificilmente um livro deles não me atrai. E eu terminei o ano desejando muito aumentar minha coleção da caveirinha hahahha. 




E então por hoje é isso, pessoal. Já leram algum dos livros citados? Concordam? Me contem! 

E se você curtiu a postagem, compartilhe com os amigos. 

Um beijão e até a próxima!