segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Seja parceiro da autora Gislaine Oliveira

E aí povo, tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para dar uma notícia super legal :) 

Como um novo projeto está a caminho, resolvi abrir espaço para novos parceiros =D 



Aqui está o formulário explicando como essa parceria irá funcionar e se você quiser se inscrever, basta preenchê-lo. 

Para que vocês possam me conhecer um pouquinho 
No Livro O Mistério de Feiurinha, de Pedro Bandeira, há um personagem escritor e quando se apresenta, ele diz "Eu era um autor iniciante, com muitas ideias na cabeça e poucas no papel". Acho que é uma boa frase para me apresentar. Ainda que não tenha tão poucas ideias publicadas - tenho 3 livros, mais 1 a caminho e 2 contos - a maioria ainda está apenas na cabeça, ou em algum caderno rolando pela casa ou em algum arquivo perdido na memória do computador. 
Tenho 22 anos e acho que sou nova demais para ser adulta, mas velha o bastante para achar que o tempo passa rápido demais. Escrevo livros para jovens, livros que eu gostaria de ter lido quando mais nova.  
"Se a vida é uma constante guerra, minhas armas são as palavras. Porque eu realmente acho que um dia, a literatura vai salvar o mundo." Gislaine Oliveira


Histórias publicadas: 
Disponível no WATTPAD

Disponível na AMAZON

Disponível na AMAZON

Disponível na AMAZON

Disponível na AMAZON


Se você ficou interessado, venha ser meu parceiro. CLIQUE AQUI 

E se você não gosta dos gêneros que trabalho, mas tem um amigo que curte, compartilha essa notícia com ele. Aliás, mesmo que você goste e tenha se inscrito, convide os amigos também. Coração de escritora é grande e tem lugar para todo mundo. 

E é isso povo. 

Um beijão e até a próxima!

domingo, 25 de setembro de 2016

A Megera Domada - William Shakespeare

E aí povo, tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para falar de mais uma leitura, vamos lá? 

Título: A Megera Domada 
Autor: William Shakespeare
Páginas: 111
Compre na AMAZON
SKOOB
Sinopse: Um dos textos mais conhecidos e adaptados de Shakespeare, conta a história de Catarina, uma mulher que não pretende se submeter aos homens em função do casamento. Com sua língua ferina, afasta todos os pretendentes, deixando desesperada sua irmã Bianca, que precisa esperar a primogênita se casar para também poder escolher um de seus muitos pretendentes.
Até que surge Petrucchio, um grosseirão disposto a tudo para conquistar o dote de Catarina. Cheia de reviravoltas - bem ao estilo bardo inglês - a peça discute amor, casamento, interesse e desnuda as tradições que até hoje são temas de discussões entre casais. 

Minha opinião: 
                       

E por hoje é isso pessoal. 

Quem aqui já leu? Ou tem vontade de ler? Me contem! 

E se você curtiu a postagem, compartilhe com os amigos. 

Um beijão e até a próxima!

sábado, 24 de setembro de 2016

Essa Luz Tão Brilhante - Estelle Laure

E aí povo, tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para mais uma resenha. 

Vamos lá? 
Título: Essa Luz Tão Brilhante 
Autora: Estelle Laure
Editora: Arqueiro
Páginas: 208
Compre na AMAZON
SKOOB
Sinopse: O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido.
Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.

Minha opinião: Bem galera, antes de mais nada, quero dizer que eu queria ter gostado dessa obra. De verdade! Juro! Quem me acompanha sabe que YA é minha perdição. Talvez esse seja o motivo para que eu seja tão chata com o gênero. Mesmo amando YAs, estou sempre esperando o melhor de cada livro que leio. E infelizmente Essa Luz Tão Brilhante não me conquistou. 

ELTB é narrado em primeira pessoa pela Lucille. Ela é uma adolescente de 17 anos que foi abandonada pela mãe. Quanto ao pai? Esse nem se fala. Depois de tentar matar a mulher, ele foi internado em uma clínica que ninguém sabe onde fica. Ah, e vale lembrar que Lucille não foi abandonada sozinha. Seus pais deixaram para trás, também a sua irmã, Wreen, de 9 anos. E agora Lu precisa trabalhar para manter a casa e evitar que a assistência social descubra o que está acontecendo. 

A proposta do livro é interessante, ainda que não seja exatamente uma novidade. Mas clichês estão aí para serem usados e muitos autores fazem isso de forma maravilhosa. Sinto dizer que esse não foi o caso. 

Há todo momento, as pessoas frisam o quando Lucille é forte e determinada. Algo que eu não consegui enxergar. Ela procura um emprego? Sim! Cuida da irmã? Sim! Mas gente, isso é o mínimo que eu esperaria de alguém nessa situação. Não consegui comprar sua situação, seu drama. Dói dizer e me sinto até malvada, mas não consegui sentir empatia por ela. 

Gostei muito mais dos personagens secundários. Eden que é sua melhor amiga é uma boa garota e muito mais real. O Digby que é seu irmão gêmeo é um garoto quase adorável. Ênfase no quase. Mas eles não são ótimos o bastante para que salvem essa história. 

O romance é totalmente irreal. Ainda que eu seja fã de YAs e entenda que nessa idade muita coisa não faz sentido, eu não consegui acreditar nesse romance. Aliás, há romance de fato? Porque para mim, romance é muito mais que um beijinho aqui e outro ali. Faria muito mais sentido se o romance continuasse acontecendo apenas na cabeça da menina. 

A narrativa deixa um pouco a desejar, já que demorei mais de duas semanas para ler um livro tão fininho. Simplesmente não tinha vontade de continuar. Enquanto no começo temos uma narrativa mais ágil, objetiva, no meio para o final, encontramos inúmeros devaneios da personagem, descrições que não combinam e não acrescentam no enredo... 

O final deixa espaço para uma continuação e de fato, parece que ela existe. Algo desnecessário, já que o livro é fininho e com letras gigantes e espaços em branco, parecendo quase um livro de youtubber. 



Escrevendo assim, até parece que odiei o livro. Não odiei. Não é isso. A autora não dá closes errados, não faz picuinha entre mulheres... Não há nada que eu possa problematizar. E Claro isso é um ponto super positivo e que me faz não odiar a obra. Mas também isso não faz com que automaticamente eu tenha amado o livro. 

Particularmente, achei uma história chata, mal desenvolvida e pouco aproveitada. Mas isso é opinião. E ainda bem que cada um tem a sua. Então talvez você curta e se não tiver muita experiência com livros do gênero, pode ser que adore. 

Não vai ganhar meu selinho de aprovado, mas também não ganha meu selo de livro problemático. Se você tem interesse em ler, se joga. 

E eu acho que é isso que já falei demais hahahha. 

Alguém aqui já leu? Tem vontade de ler? Me conte! 

Se você curtiu a postagem, compartilhe com os amigos. 

Um beijão e até a próxima!



PS: Arqueiro meu amor, tem YAs nacionais bem melhores ;) Vamos dar uma chancinha aos nossos autores, vamos? Cês tão errando nesses últimos YAs que escolheram. Eu continuo amando vocês, mas amaria ainda mais se vocês ousassem publicar mais YAs nacionais. #Ficadica 

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Lançamentos de setembro das Editoras Arqueiro e Sextante

video
Meu oi especial para vocês hahhhaaha 

Hoje estou aqui para falar dos lançamentos de setembro das Editoras Arqueiro e Sextante. Vamos lá? 



Arqueiro


Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem chamado Gavião. Este livro narra as aventuras de Ged, o menino que um dia se tornará essa lenda.
Ainda pequeno, o pastor órfão de mãe descobriu seus poderes e foi para uma escola de magos. Porém, deslumbrado com tudo o que a magia podia lhe proporcionar, Ged foi logo dominado pelo orgulho e a impaciência e, sem querer, libertou um grande mal, um monstro assustador que o levou a uma cruzada mortal pelos mares solitários.
Publicado originalmente em 1968, O feiticeiro de Terramar se tornou um clássico da literatura de fantasia. Ged é um predecessor em magia e rebeldia de Harry Potter. E Ursula K. Le Guin é uma referência para escritores do gênero como Patrick Rothfuss, Joe Abercrombie e Neil Gaiman.


Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing. Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto.
Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça.
Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.


“Uma história arrebatadora, sensual e comovente, que não deixa nada a dever ao primeiro livro. Os personagens nos conquistam e o ritmo perfeito da trama, junto com os diálogos magistrais, multiplica o prazer.” – Romantic Times Book Reviews
Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.
Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
“Inteligentes e românticos, os livros deSarah MacLean contêm a simplicidade e o prazer absoluto que só escritores experientes são capazes de proporcionar.
É maravilhoso imaginar as histórias que essa talentosa autora ainda vai criar.” –New York Journal of Books



Sextante 


O zumbi chegou ao oitavo ano... e à adolescência. E agora?
Assim como os humanos, zumbis também sofrem durante a adolescência. A voz muda, uma perna fica 10 centímetros maior do que a outra, os primeiros mofos começam a crescer no rosto... O quê? Isso nunca aconteceu com você?
A boa notícia é que você pode sempre contar com os amigos durante essa fase difícil. E o zumbi precisará de toda a ajuda possível de Esquely, Slimey, Creepy, Sally e do humano Steve, porque o oitavo ano da Escola Monstro acabou de começar.
Além de ter que sobreviver a um concurso de soletrar e ao temível professor Matsumoto, nosso zumbi preferido terá um desafio muito especial: se conseguir irar nota 7 em todas as matérias, vai ganhar um video game novinho em folha!
Só tem um detalhe: como o zumbi vai conseguir tirar uma nota boa na aula intermediária de susto com aquela carinha inofensiva dele?
NESTE VOLUME: O ZUMBI VAI FICAR MONSTRUOSO!


Este livro reúne textos que mostram o amor do ponto de vista de quatro jovens que escrevem sobre relacionamentos legítimos e atuais, que souberam se reinventar. Sem medo de expressar seus sentimentos, deixam para trás estereótipos já obsoletos – como o controlador machista ou o piegas choroso – e falam sobre viver a dois e sobre a natureza das relações em todos os seus aspectos. Assim, cada autor reflete sobre o amor representado por um elemento: Arthur Aguiar escreve que “O amor é água”, dizendo que ele é fluido, mas por vezes gelado; ora tempestade, ora profundo. Fred Elboni explica que “O amor é ar”, mostrando a leveza de se amar sem sofrer, da brisa que envolve os apaixonados, mas que por vezes torna-se furacão. Ique Carvalho se debruça sobre quando “O amor é fogo”, que arde, aquece a alma, mas que também pode incendiar até doer. E Matheus Rocha conta que “O amor é terra”, estável, tranquilo, mas que não escapa dos terremotos da vida, que tiram tudo do lugar para que a rotina não o extermine. Um livro apaixonante, para quem ama e para quem quer amar um dia... e sempre.
- O Amor É Água
Arthur Aguiar escreve sobre o amor quando ele é como a água: pode ser agradavelmente quente ou ferir se ficar gelado e rígido. Por vezes é tempestade, por vezes, calmaria. Mas quando é fluido, torna-se profundo e amolda-se a tudo.
- O Amor É Ar
Frederico Elboni fala sobre o amor ar, aquele que é leve, que eleva, faz flutuar. Mostra como é amar sem peso, sem amarras. Mesmo quando vem um vendaval, logo volta a ser a brisa, envolvendo os apaixonados com carinho e cuidado.
- O Amor É Fogo
Ique Carvalho escreve sobre o amor quando ele é fogo, que arde, arrebata, aquece a alma, mas às vezes incendeia até doer. Pode se manter como brasa por muito tempo, aguardando a chance de ser chama de novo, ou até renascer das cinzas
- O Amor É Terra
Matheus Rocha fala sobre do amor do tipo terra, aquele estável, certo, que traz segurança, mas que pode, de vez em quando, provocar terremotos que abalam estruturas, tiram tudo do lugar e viram a rotina de ponta-cabeça.


Brené Brown ousou tocar em assuntos que costumam ser evitados por causarem grande desconforto. Sua palestra a respeito de vulnerabilidade, medo, vergonha e imperfeição já teve mais de 25 milhões de visualizações.
Viver é experimentar incertezas, riscos e se expor emocionalmente. Mas isso não precisa ser ruim. Como mostra Brené Brown, a vulnerabilidade não é uma medida de fraqueza, mas a melhor definição de coragem.
Quando fugimos de emoções como medo, mágoa e decepção, também nos fechamos para o amor, a aceitação e a criatividade. Por isso, as pessoas que se defendem a todo custo do erro e do fracasso acabam se frustrando e se distanciando das experiências marcantes que dão significado à vida.
Por outro lado, as que se expõem e se abrem para coisas novas são mais autênticas e realizadas, ainda que se tornem alvo de críticas e de inveja. É preciso lidar com os dois lados da moeda para se ter uma vida plena.
Em sua pesquisa pioneira sobre vulnerabilidade, Brené Brown concluiu que fazemos uso de um verdadeiro arsenal contra a vergonha de nos expor e a sensação de não sermos bons o bastante, e que existem estratégias eficazes para serem usadas nesse “desarmamento”.
Neste livro, ela apresenta suas descobertas e estratégias bem-sucedidas, toca em feridas delicadas e provoca grandes insights, desafiando-nos a mudar a maneira como vivemos e nos relacionamos.



E por hoje é isso pessoal. O que vocês acharam dos lançamentos? Eu estou louca querendo vários :3 Me digam quais mais interessaram vocês. 

E se você curtiu a postagem, compartilhe com os amigos. 

Um beijão e até a próxima 




quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A Marca de Uma Lágrima - Pedro Bandeira

E aí povo, tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para a resenha daquele livrinho super polêmico hahahha 

Vamos lá? 


Título: A Marca de Uma Lágrima 
Autor: Pedro Bandeira 
Páginas: 94
Compre na AMAZON
SKOOB
Sinopse: A obra de Pedro Bandeira, A marca de uma lágrima, conta a historia de Isabel, uma jovem estudante de 14 anos, que se acha feia, será mesmo? Isabel é uma garota bastante esperta que enfrenta problemas relacionados a juventude, o que chama a atenção em Isabel é que ela sempre tem uma resposta para tudo. Na obra, a historia de Isabel começa quando ela é convidada para ir a uma festa, de seu primo, Cristiano.Isabel não via Cristiano desde crianças, nem imaginara, nem queria imaginar como ele estava. Por sua vontade não iria a festa mas sobre a insistência de sua mãe, Isabel foi. Ela chamou sua melhor amiga Rosana,para ir junto com ela. Rosana, chego a casa de Isabel linda, Rosana era incrivelmente linda Isabel sentia-se humilhada diante de Rosana. Na festa Isabel conhece e se apaixona por Cristiano, ele a cumprimenta e vai para perto de Rosana,por toda a festa Rosana e Cristiano não se largaram isso deixou Isabel péssima, ela bebia tudo o que via, uma hora ela foi para o jardim, estava na penumbra sozinha, com seu copo, assistindo de longe os casais consumirem na festa toda a seleção de musicas, foi aí que ela conheceu um rapaz, Fernando, que se apaixonou por ela assim que a viu. mas ela deu um fora nele fazendo-o deixa-la sozinha. mais tarde ela já estava quase que embriagada um rapaz chegou, tomou-a nos braços e beijou-a, num beijo quente e doce,imaginando que era Cristiano que a beijava,ela cria um conto de fadas onde Cristiano é o príncipe, conto esse que se quebraria logo a diante quando Cristiano declara seu amor a Rosana. Isabel passa a escrever cartas e versos para ajudar o namoro de sua melhor amiga Rosana, com seu grande amor, Cristiano. Como se não bastasse seu amor não correspondido, ela ainda se envolve em uma trama que envolvia a morte de sua diretora, levanta-se a questão, "Terá sido mesmo suicídio".Acoada, desesperada, a ideia de morte passa a tomar conta de seu ser, enquanto seu coração se despedaça pelo amor por Cristiano.O texto utiliza uma linguagem culta e ao mesmo tempo popular, que nos deixa plugados até a ultima página com seu final surpreendente.


Minha Opinião: 
                     ,

Pessoal, sei que a iluminação está ruim e no meio do vídeo uma música começa a tocar. Mas o sol estava muito louco nesse dia e a desgraça da minha vizinha não tem bom senso com o som. Como eu já tinha tentado gravar várias vezes, resolvi deixar assim mesmo :P Juro que quando minha soft box estiver pronta isso vai melhorar. 

Quando digo que alguém não precisa ler, quero dizer que alguém pode ler um trecho e julgar o trecho lido. 

Me perdoem se ofendi alguém, mas essa não é a minha intenção. 

E sobre as tais cenas com linguagem erótica, afirmo sim, novamente e continuarei afirmando que acho problemáticas. Nem YAs atuais contam com essa linguagem. 

Post no blog que fiz sobre a polêmica




E é isso pessoal. Dói no coração falar mal de um livro de um autor que a gente cresceu lendo e gosta tanto. Mas vocês me conhecem e sabem que eu não passo a mão nem na minha própria cabeça, então não vou passar a mão na cabeça de outros autores. 


Se alguém aqui já leu, comente comigo, se não leu ainda, me conte o que achou  da resenha e é isso. 
Se você curtiu a postagem, compartilhe com os amigos. 

Um beijão e até a próxima! 

PS: Como bem lembrado pela Sil nos comentários, eu gostaria muito que os livros tivessem classificação indicativa. Só porque é literatura não precisa? Ah vá!!!!!! 

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Oportunidade para novos escritores

Olá povo, tudo bem com vocês? Hoje vim aqui para dar algumas notícias muito legais :) 

Como vocês sabem, estou sempre em busca de oportunidades, para mim e para quem acompanha o PE também. Recentemente, conheci alguns projetos super bacanas de incentivo a literatura nacional. 

Achei o máximo as propostas e vim aqui correndo contar pra vocês :) 

Vamos lá? 


O corvo traz notícias.

O TEMA ESCOLHIDO PARA ANTOLOGIA SERÁ: BRUXAS!

O projeto " Seu conto em um livro" fez a votação, e o tema Bruxas ganhou como primeiro tema dos contos da primeira Antologia do projeto. 

TODO O PROCESSO DE PARTICIPAÇÃO A BAIXO:

* Não existe determinação de Estilo e Gênero literário para os contos, ou seja, pode ser romântico, fantástico, terror e etc... Contanto que a temática central seja "BRUXAS"
* Todos os escritores de todas as idades poderão participar, menores de idade com consentimento dos pais (em caso de não ser emancipado)
* Todos escritores de todas as cidades.
* O envio será através da caixa de mensagem da pagina.
* O prazo de envio será até o dia 13/10/2016
* Todos os contos deverão ter como temática central Bruxas ou Bruxaria (no caso desta edição)
* Não será permitido apologia a qualquer tipo de crime.
* Os contos deverão ter no máximo 30 Paginas o que equivale a 41.000 (quartenta e uma mil) Palavras com espaços( podendo ser alterado para mais em caso de negociação com o grupo selecionado)
* Seguir as regras da ABNT 2016. (Formato 14 x 21)
* Não poderá haver apropriação escrita ou ilustrada de outras pessoas.
* Há uma banca que selecionará os escolhidos para a impressão do livro.
* Os critérios para a escolha dos contos são: Originalidade, composição e imersão.
* Todo o custo do trabalho e arrecadação será mostrado para o grupo selecionado, para terem a transparência e clareza de que não há intensão de lucro da parte da organização.

ACORDOS:
* Todos os direitos dos contos serão únicos e exclusivos DO AUTOR, o projeto ou o grupo não terá apropriação dos direitos de uso do conto além deste projeto. (Ou seja, se um autor decidir publicar o conto em outro livro, ele poderá.)
* O preço do livro para o autor, será a nível de custo (De R$ 14,00 a R$ 30,00 cada livro, depende do acordo entre os autores.)
* O autor pode adquirir quantos livros quiser.
* O autor poderá se fornecer a partir de 1 exemplar, ou seja: Sendo selecionado, o custo dele será de R$ 14,00 a R$ 30,00, se decidir levar apenas 1 exemplar.
* O Autor está responsável pelos custos de envio (Correio).
* Os autores selecionados entraram em acordo para decidir o melhor formato do livro. (Diagramação, capa, número de paginas, ilustrações e etc)
* O livro terá acabamento profissional. ( Miolo em Polen 90, capa em papel cartão laminado brilhoso com orelhas, diagramado e etc)
* Não somos editora, logo não vamos distribuir ou cobrar por trabalho editorial, somos apenas um projeto com o intuito de imprimir livros e realizar o sonho de muitos; que é ter seu conto impresso em suas mãos.
* Sim, haverá um contrato assegurando que o autor é dono de sua obra.
Qualquer dúvida, Entre em Contato
(Créditos de imagem: The witches of macbeth) - direito de uso livre.


Pensando nos novos autores, decidimos lançar uma revista mensal gratuita para vocês. A revista trará: 
*Divulgação de novos autores;
*Entrevista com autores destaques;
*Amostra de contos;
*Dicas literárias; 
*Concursos e muito mais. 
Se você gostaria de participar das próximas edições da revista, dando entrevista, divulgando seu conto e tendo uma leitura crítica como nota. Nos envie uma mensagem.
Edição de lançamento: dia 12/10/2016


O projeto é novo e precisa da sua ajuda para crescer :) Curta a página no FACEBOOK e se você tem interesse, entre em contato. E não se esqueça de compartilhar essa notícia com os amigos :) 

Um beijão e até a próxima!

sábado, 17 de setembro de 2016

Garota Replay - Tammy Luciano

E aí povo, tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para falar do livro Garota Replay. 

Mas antes, quero convidá-los a participarem desse sorteio lindo 

Basta preencher ESTE formulário. A única regra obrigatória é deixar um e-mail para contato. Todas as outras são opcionais. Participem! 


Vamos lá? 
Título: Garota Replay 
Autora: Tammy Luciano
Páginas: 144
Compre na AMAZON
SKOOB
Sinopse: Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também...


Minha Opinião: 
                       


E por hoje é isso pessoal. Alguém aqui já leu esse livro? Me contem! 

Se você curtiu a postagem, compartilhe com os amigos. 

Um beijão e até a próxima!