segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Um Novo Amanhecer - Cínthia Freire

Alguém aqui já chorou lendo um livro? Não estou falando daquelas lágrimas que sentimos escorrendo quando uma cena triste ou emocionante aparece. Estou falando daquele choro de verdade, de doer o peito, de deitar na cama e soluçar. De pedir para aquela dor parar, porque você não vai aguentar.
Não acredita em algo do tipo? Então venha conferir a resenha desse livro. O livro que me destroçou, destruiu, me fez em pedaços, mas que ainda assim, entrou pra minha pequena lista de preferidos.


Título: Um Novo Amanhecer
Autor: Cíntia Freire
Páginas: 376
Skoob
Compre na Saraiva ou Compre no Submarino
Sinopse: Giulia está arrasada! Seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer. Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada. Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem ideia exatamente do que o aguarda. Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente. UMA GAROTA APAIXONADA. UM RAPAZ DOENTE. UM ANJO PERDIDO. Eles serão capazes de lidar com a força do verdadeiro amor?


Minha opinião: Não lembro quando foi a primeira vez que vi algo desse livro. Foi em algum blog e era uma resenha que me instigou muito. Eu sabia que precisava ler. Eu já estava comprando-o, quando descobri que ele era o primeiro livro do Projeto Book Tour de Escritores Contemporâneos Nacionais Então eu aguardei.
Quando ele chegou lá em casa, eu fui lê-lo. Mas parei!
Eu não li esse livro. Sinto muito se alguém esperava que eu fizesse uma leitura. Um Novo Amanhecer é impossível de ser lido. Desculpe parceiros do projeto, desculpe Cíntia. Eu não li esse livro. Eu VIVI esse livro!
Eu entrei na pele da Giulia. Eu fui a Giulia, desde o seu primeiro dia de aula. Conheci e me apaixonei pelo Léo. Não, eu não me apaixonei. Eu o AMEI.  Não como amamos personagens, daquele jeito que queríamos um igual. Nada disso. Eu o amei de verdade! Amei a sua altura, suas calças largas, sua pele morena, o corpo magro. Amei cada uma das suas 3 pintinhas. Amei vê-lo andando de Skate, sendo bom em física e atrapalhado e fofo e engraçado com a Gi.
Na hora em que eu vi o Léo, as lágrimas rolaram soltas. Eu queria fugir dali, porque doía demais olhar para ele. Mas doía mais ainda, quando eu ficava longe.
Quando os dois começam a namorar, a força do amor deles é arrebatadora. Não do tipo grude, não do tipo psicótico. É aquele amor puro, que só quem se apaixonou na adolescência consegue entender. Aquele amor, para o qual daríamos a vida.
Uma pena que Léo, tivesse tão pouca vida para dar. Um erro cruel dos céus que fez com que esse menino lindo tivesse câncer.
Eu chorei. Deitei na cama, rolei, rezei. Eu queria poder fazer alguma coisa. Dizer para o Léo que tudo ia ficar bem. Que eu estava ali com ele. E foi o que eu fiz. Ou o que a Gi fez por mim.
Mas quando a dor da doença, ficou forte demais, tanto para mim, quanto para a Giulia conheci Zyon. E assim como ele acalma Gi, ele também me acalmou. Ele era um pedaço de esperança. Eu já não tinha mais esperanças de que o anjo pudesse mudar alguma coisa, mas eu precisava acreditar que ele pudesse fazer toda a minha dor sumir.

"-Eu te amo, minha bobinha chorona"


Dor é o que me define lendo esse livro. Quem me acompanha no Facebook pode acompanhar comigo toda a dor e a angústia que senti lendo Um novo Amanhecer. Dor no peito, de achar que eu explodiria, de soluçar e querer um colo pra chorar e desabar. Me senti destruída.
Eu não sou do tipo que me impressiona fácil com um casal. Sempre acho que a vida aqui do lado de fora é mais agitada do que na literatura. Não são doenças, nem amores impossíveis e nem nada disso que me afeta.
Mas ao conhecer o Léo e a Gi, eu passei a viver com eles. A respirar junto deles. Eu estava lá na primeira vez, no primeiro beijo. Segurei a mão do Léo em todas as vezes que ele estava fazendo exames.
Só quem teve, tem ou perdeu um grande amor, é capaz de entender a profundidade dessa história. Se esse for seu caso, meu amigo e minha amiga; pegue todos os lenços do mercado e leve para casa. Porque você não vai chorar, você vai fungar, estragar a maquiagem, talvez precise até tomar alguns calmantes.
"Porque nem sempre nós perdemos as pessoas para a morte.
Na maioria das vezes, nós a perdemos para a vida.
Mas isso não torna a perda menos dolorosa. " Gislaine Oliveira
Conseguimos sentir todos os personagens. Narrado em primeira pessoa, do ponto de vista de cada um dos personagens principais, a Cínthia fez um trabalho magnífico. Mesmo que ela não colocasse no primeiro capítulo quem está narrando, nós saberíamos. Porque cada personagem é singular. Na primeira linha, você identifica quem está falando. Da mesma forma, que identificamos quem amamos.
As cenas não são repetidas, como em muitos livros. Não temos a mesma cena, sob vários pontos de vista. Cada personagem nos conta o que é importante para ele.
Não temos uma protagonista chata e sem graça. Temos uma menina forte, decidida, batalhadora. Não temos um protagonista doente, bad boy e idiota. Temos uma cara lindo, por dentro e por fora. Dono de um sorriso que nos faz esquecer um pouco da nossa dor.
Não posso dizer que é impossível parar de ler. É impossível ler sem parar. A menos é claro, que você não se importe de ter um livro todo molhado e manchado de lágrimas.
Tudo o que queremos, é que o livro possa trazer alguma esperança para a nossa vida. E ele traz!!! Um livro lindo que fala sobre a entrega, o amor, e o sacrifício.
Até onde você iria por quem ama? Do que abriria mão para viver ao lado da pessoa amada?

Não consegui colocar os quotes aqui, porque as 376 páginas não caberiam. Sim, o livro todo é um enorme quote que nos mata e nos fortalece.
Um Novo Amanhecer é único. E ai de quem falar que tem algo a ver com A Culpa é Das Estrelas, ou livros de anjos. Quem falar isso, vai comprar uma briga feia comigo. UNA é único e nada que tenha sido escrito antes, ou seja escrito a partir de agora, chegará a primeira página desse livro. Cínthia, sua cruel que me fez desidratar, eu sou sua fã incondicional. Parabéns por essa estreia brilhante e que venham os próximos. Posso ler até sua lista do supermercado se você quiser.
E para terminar, eu indico esse livro a todos. Esse livro que dói, machuca, mas nos salva e coloca alguma esperança na nossa vida.

Desculpa ai galera a emoção. Mas o livro me tocou de uma forma que eu nunca imaginei. Espero que essa linda história possa te emocionar também.

A Autora
Cínthia Freire nasceu em São Paulo, onde mora com o marido e duas filhas. Formou-se em Arquitetura, mas a paixão por histórias acabou a conquistando de vez. Desde então resolveu se dedicar em tempo integral a escrever romances, seu estilo preferido.
Facebook
Fanpage

A Cínthia é um amor e prometeu uma entrevista exclusiva ao blog para se desculpar pela minha desidratação que vocês possam conhecê-la melhor.
 E então galerinha. Curtiram? Alguém já conhecia?

Ah, e pessoal, temos uma nova página aqui no blog. meu livro Os Sonhos de Rita vai começar a ser publicado aqui. Não é muito legal? Clique Aqui e saiba mais.

38 comentários:

  1. Olá Gih!
    Que review linda e sincera. É tão bom quando você realmente acaba vivendo a história. Não sou de chorar com essas coisas, mas que sabe né?
    Fiquei ansiosa para a entrevista com a autora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Ane. Que bom que gostou. Pois é, também não sou, mas esse.... ÓMG
      Logo, logo tem entrevista. beijão

      Excluir
  2. Gislaine nunca fiquei tão ansiosa por uma resenha quanto por essa, pode ter certeza que chorei ao ver o carinho com que você resenhou meu livro. Muito obrigada pelas lindas palavras é uma honra para mim. E estou louca pela entrevista, desde já me perdoe pelas lágrimas... Ou não kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Cínthia. hehhe, agora estamos quites =D , ashuashua
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha. Eu amei o livro e que venham muito mais. Muito sucesso!!!
      Logo, logo, vem entrevista =D
      Beijoos

      Excluir
  3. Oi flor, eu estou quase terminando a leitura, precisei parar um pouo por outras leituras atrasadas e para me controlar um pouco, o livro mexeu muito comigo, me lembrou minhas duas lindas avós que eu perdi para essa doença lastimável.

    Amei a sua resenha, foi muito fiel á todo o sentimento que o livro poderia te passar.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Si. Pois é, o livro é muito tocante mesmo. Graças a Deus nunca perdi ninguém dessa forma, mas mesmo assim, ele me despedaçou. Mas é lindo e com certeza é um dos meus preferidos agora. Um beijão linda

      Excluir
  4. Oi, Gih!
    Que resenha arrasadora! Pude sentir, nem que saiba um pouco, toda a sua emoção e experiência com a leitura.
    Como eu sou "meio derretida" com livros fortes, provavelmente teria a mesma reação (ou pior) que você durante a leitura.
    Só digo uma coisa: Preciso desse livro!
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Eli. Fico muito feliz que tenha gostado =D
      Reação pior que a minha acho difícil, ashuashua. Mas leia sim e depois me conte o que achou. Um beijão

      Excluir
  5. Uau! Que resenha apaixonada. Não gosto de livros tristes, mas se, além de fazer chorar, o livro nos traz esperança, então eu quero ler!
    Sorteio trilogia "A Seleção" no blog: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Mari. Que bom que gostou da resenha. leia sim e depois me conte o que achou =D
      Beijoos

      Excluir
  6. Oi Gih!
    Sou suspeita pra falar do UNA, esse livro também acabou comigo, depois que terminei de ler fiquei uma hora passando mal, todo mundo e perguntava o ue era e eu dizia que era pelo livro e as pessoas riam...
    Amei sua resenha! Expressou bem o efeito UNA na vida das pessoas!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Angélica. pois é, eu passei mal durante todo o livro, kkk. Mas amei demais =D . Efeito UNA, gostei, heheh. Beijooos

      Excluir
  7. Não conhecia esse livro ainda como assim? Quero ler pra ontem. Já me senti assim lendo um livro, O menino de ouro, fiquei transtornada por um bom tempo depois que terminei ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii. Leiaaaa sim !!! Com toda a certeza você não irá se arrepender. Depois me conta o que achou =D
      Beijooos

      Excluir
  8. Não conhecia o livro, mas parece legal :)

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thais. É mesmo, muito bom =D
      Beijoos

      Excluir
  9. Caramba Gihh,
    Você não cansa de me fazer chorar? Eu amo o jeito que você escreve, poxa até nas resenhas você consegue me emocionar. Sinceramente, pelo que vi na sua resenha, acho que eu também me apaixonaria pelo Léo!
    Adorei, estou sem palavras, a não ser PRECISO LER ESSE LIVRO!
    Beijos *-*
    http://diariodeumalivromaniaca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Ana. Nossa, fico muito feliz com esses elogios. Que bom que gosta. =D , e desculpe por te fazer chorar, hehehhe. Leia sim. E depois me conte. E com certeza, o Léo é tudo de bom =D
      Beijoos

      Excluir
  10. Realmente deu para perceber através dessa resenha que o livro mudou algumas (ou várias) coisas na sua vida e talvez na forma de você encarar os livros. Realmente acho que depois dessa resenha preciso ler esse livro :) Sempre gostei de livros que trazem algo a mais para gente do que mero entretenimento.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Flávia. Leia sim!! Acredito que esse é um daqueles livros que deve ser lido por todos. Um beijão

      Excluir
  11. Oi, Gih! Nossa, que resenha perfeita! Me deixou morrendo de curiosidade (e de vontade) de ler a história, que parece ser incrível! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Tony. Fico feliz que tenha gostado. =D
      Se puder, leia sim e depois me conte o que achou.
      Abraços

      Excluir
  12. OOOI,

    Nooooossa que resenha maravilhosa gente!!
    Eu não conhecia mas eu já amei de cara! Amei saber da forma intensa que vc se envolveu com a leitura e já adicionei na estante!
    Parabéns pela resenha, pela leitura e pela autora!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Ana. fico muito feliz que tenha gostado da resenha =D
      Esse livro é divino e merece ser lido por todos. Quando ler me conte. Beijoooos

      Excluir
  13. Gente, que resenha foi essa!?
    AMEI a sua crítica! Arrepiei-me com o nível de envolvimento que teve com esse livro! E me arrependi… gente, como me arrependi, por ter perdido a oportunidade de comprar esse livro numa promoção recente.

    A autora parece formidável! Sua história e narrativa com certeza valem a pena serem conhecidas. Quero embarcar nessa história, ou melhor, quero vivê-la como você, Gih! Já marquei esse livro entre os meus desejados (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Fran. Sim, o livro é maravilhoso. Demais mesmo. Fico feliz que tenha te convencido a adquiri-lo, heheheheh. Mas te enviei uma mensagem no face. Ele ainda está em promoção, dá pra aproveitar =D
      Beijooos

      Excluir
  14. Oi Gih. Nossa, foi forte essa resenha hein. Consegui sentir o "desespero" daqui, só de ler. Por isso a sua dúvida de se fazia a resenha assim que terminasse de ler ou se esperava um pouco? Claro! Esse livro deve ter mexido muito com você, porque só a resenha mexeu comigo. Já fiquei louquinha por ele. :D Obrigada pela indicação. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Gi. Muitooo feliz que tenha gostado. Leia sim. Esse é um livro que todos deveriam ler. Indico sem restrição :)
      Beijooos

      Excluir
  15. Oi Gih, faz tempo que não venho aqui, né? Mas quando venho nunca me decepciono.
    Você é uma autora genial e amei sua idéia de postar a história de Rita aqui, mas isso é comentário de outro post.
    Verdade verdadeira? Já me senti como você se sentiu ao ler e esse livro e, apesar de tudo, não há sensação melhor que essa: Viver um livro em seus mínimos detalhes.
    Ainda não conhecia essa obra, mas estou imensamente cucuriosa para ler esse livro e me desidratar também. Amei o que você disse e você me convenceu totalmente!
    Agora, quando você lança outro livro?
    Aguardo ansiosamente hahah
    Beijos ☆
    mileumdiasparaler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Bru. Que bom que gostou da ideia :) Assim, mais e mais gente pode acompanhar e conhecer esses personagens =D
      Ahhh, leia sim. É um livro maravilhoso. E depois me conte tudinho. =D
      E sobre novos lançamentos, acho que teremos que esperar vim a versão física da Rita que vem só em março :)
      Beijoooooooss

      Excluir
  16. Não me sentir lendo uma resenha, mas sim uma página de diário onde a pessoa coloca seus sentimentos mais medronhos pra fora. Deste que vi seu comentário no facebook que morri de curiosidade em ler, e depois desta resenha necessito roubar um banco e comprar este livro rs. Que livro de sentimentos tão fortes e os livros que transparece tantos sentimentos tristes e emocionantes são os que mais me conquistam. Estou ansiosa para ler este livro e espero que eu tenha a oportunidade de ler em breve e que emocione tanto quanto você se emocionou. Parabéns pela resenha amore. Simplesmente fantástica <3.
    Beijos e muito sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iris, é um livro lindo e deve ser lido por todos. Eu recomendo de olhos fechados. E fico muito feliz que tenha curtido a resenha =D
      beijooos

      Excluir
  17. Eita Gih! Nunca chorei tanto assim por um livro! kkk Esse deve ser bom hein, fiquei muuuito curiosa! *-----* Ainda por não ser mistura de ACEDE com livros de anjos kkk #nãomebata
    Resenha perfeita!
    Beijos!
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii carol. Que bom que gostou da resenha. leia sim, pois é um livro maravilhoso =D
      beijooos

      Excluir
  18. Oi Gih! Fazia tempo que eu não lia uma resenha tão apaixonada, (rss) é tanto amor que chega contagiar. Preciso ler esse livro!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii. Leia sim, você vai se apaixonar =D
      É perfeito demais :)
      Beijoos

      Excluir