segunda-feira, 25 de maio de 2015

Entrevista com a autora Marcia Reis Mac Evan por Fernanda Avellar

Olá galerinha linda!!! Hoje a nossa entrevista é com a autora Marcia Reis MacEvan que é uma fofa e contará um pouco do seu processo literário e novidades para 2015.



PE: Marcia Reis Mac Evan, para nós do blog Profissão Escritor é uma honra entrevistá-la. Conte-nos um pouco sobre quem é você e um pouco da história de como surgiu seu livro "Maschere". 
MR: Eu que agradeço a oportunidade. :) 
Bom, Maschere surgiu há tempos, e não havia concluído até 2012, quando resolvi terminar a história. Em 2013 conclui, mas ainda havia muito a trabalhar no texto. O título foi o que mais me deu trabalho. Pois nada combinava, mas o máscaras havia pegado entre meus amigos. Acabo colocando títulos bem dramáticos, mas acho que o título tem que mexer com o leitor também, por isso Maschere (masquerê) do italiano que significa máscaras. E que tem tudo a ver com a história do nosso casal.

PE: Qual seu estilo literário? 
MR: Eu não tenho um estilo literário exclusivo, mas todos meus livros tem romance e um pouco de drama, afinal, gosto de retratar a vida, e na vida, esses dois estilos estão sempre nos envolvendo.

PE: Qual o seu público alvo? 
MR:Já escrevi para adolescentes e jovens, e agora estou escrevendo para adultos. Tenho alguns projetos para jovens, então estarei sempre entre esses públicos.

PE: Quais seus autores favoritos e por qual motivo? 
MR: Gosto de Shakespeare, Louisa M. Alcott, Kiera Cass entre tantos. Mas amo muitos nacionais, como os da Série Vaga Lume e alguns desconhecidos. Sempre li muito por causa da paixão por astronomia, mitologia grega e história antiga. Então todos acabam tendo algo em comum.

PE: O que te inspira a escrever? 
MR: Acho que todos já fantasiaram na infância. Os próprios mitos e folclores são fantasias de um povo. E todos tem algo em comum. Criar algo diferente da sua realidade. Acho que sempre tento criar histórias por isso. Fugir da realidade é sempre um bom motivo. Mas ainda assim, nossa realidade permeia nossa fantasia. Então, acho que é isso, eu vivo uma história nova quando estou escrevendo. É como se eu estivesse lá, sentindo, ouvindo e presenciando cada momento.

PE: Utiliza fundo musical? Alguém incentivou você a escrever? Como foi esta iniciativa? 
MR: Pra me inspirar não. Mas acabo citando músicas. Maschere está cheia delas.
Meu incentivo veio de algumas revistas do Nosso Amiguinho e dos meus professores de português.
Na revista eles incentivavam a produção de pequenos livrinhos que nós mesmos fazíamos e eu amava essas atividades. Lembro-me que fazia muitos livretos sobre ecologia. Hoje sou bióloga. Engraçado né. Rs rs rs. E meus professores nos incentivavam na produção de texto. Muito mesmo. Até no ensino médio era assim. E na faculdade temos que produzir muitos artigos e projetos, e você acaba tomando mais gosto ainda. Bom, uni meu sonho de infância ao meu gosto atual.

PE: Quais as principais dificuldades que você encontra hoje, para publicação de livros?
MR: Minha principal dificuldade é conseguir espaço entre os inúmeros livros de autores estrangeiros que nos inundam todos os meses. 
As editoras dificilmente querem investir em alguém desconhecido. É mais fácil divulgar aquilo que já vem conhecido dos EUA e na Europa do que investir num brasileiro.

PE: Quais são os seus projetos literários? Teremos novidades para 2015?
MR: Além do lançamento de Maschere - Máscaras da Vida, e minha participação na Bienal do Rio, estou concluindo um romance lindíssimo, que diferentemente do Maschere, terá sua visão voltada para as diversas nuances do preconceito e isolamento social que as pessoas sofrem. Sem mais comentários, apenas posso dizer, aguardem, vocês mudarão muitos conceitos a respeito do preconceito.

PE: O que os leitores significam em sua vida? Cite os pontos positivos e negativos dessa relação.
MR: Os leitores significam a razão de eu batalhar para publicar. De resistir, mesmo quando tudo é tão difícil.
Pontos positivos: O incentivo, as palavras de carinho, a amizade que se forma.
Pontos negativos: Autor é humano, mortal e sensível. Exato, SENSÍVEL. Críticas devem ser feitas com respeito, nunca com deboche ou piadinhas. Alguns leitores se esquecem que o autor está em constante aperfeiçoamento, como em qualquer profissão.

PE: Márcia, qual dica você daria para os jovens escritores nacionais que querem ter seus livros publicados? 
MR: Desistir não existe no vocabulário do verdadeiro autor. Ele pode dar um tempo, relaxar, mas jamais vai desistir de compartilhar seus escritos com os leitores.  Resiliência é a palavra de ordem de um autor. Dias ruins vem e vão, como tudo na vida. Só pode lutar quem ainda está vivo, então se você luta todos os dias, ótimo, está melhor que muitos que não podem mais lutar.

PE: Você vai para a Bienal 2015. Quais as suas expectativas?
MR: Bom, como sempre, é um imenso prazer estar num lugar como aquele. Ainda mais que vou conhecer muitas colegas da Editora Angel e muitos leitores também. E claro vou dar uma passeada na cidade maravilhosa, que ainda não conheci. E claro, divulgar meu livro Maschere. J. 

Então é isso ai galerinha! Esperamos que vocês tenham gostado e para ficar ainda melhor teremos algo bem especial: S O R T E I O!! Vocês não podem ficar de fora! Beijos da Fê e até próxima!!!!!




Regras: 
*A única regra obrigatória é deixar um e-mail para contato. Todas as outras são chances extras; 
*O sorteio será realizado no dia 25-06 às 20h pelo http://www.sorteador.com.br/
*O ganhador terá até 48h para responder o nosso e-mail, caso contrário um novo sorteio será realizado. 
*O prêmio será enviado em até 45 dias úteis. 
*Não nos responsabilizamos por perdas e danos por parte do correio ou endereço informado errado pelo vencedor. 
*Se o prêmio voltar, podemos enviá-lo novamente, mediante pagamento do frete. 






Comentou nesta postagem? Copie e cole o link Aqui

15 comentários:

  1. Oie,
    ela esta muito certa quando diz: "As editoras dificilmente querem investir em alguém desconhecido."
    Vai com fé que deve dar tudo certo.
    Adorei as respostas!

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda,
    Adorei conhecer a Marcia. Não conhecia o livro, mas gostei da escolha do nome com origem italiana ^^
    A resposta para "qual é a maior dificuldade enfrentada" é sempre a mesma, mas acho que aos poucos os nacionais estão ganhando espaço. Ainda há muito caminho a percorrer, mas acredito que essa realidade irá mudar :)
    Ahhh a bienal! Espero ir este ano e comemorar meu aniversário lá!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Já li um livro da autora e adorei, então gostei bastante de conhecer mais um pouquinho sobre ela.
    Sobre conseguir espaço entre os livros internacionais e de grandes editoras, essa é a dificuldade de quase todos os autores iniciantes. Mas com fé chegamos lá. :

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  4. Uma entrevista muito interessante que deu para conhecer esta autora mais a fundo. Achei bastante didáctica e uma boa forma de conhecer um pouco do mundo editorial do Brasil!

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  5. Que legal a entrevista! Não a conhecia, mas com essa entrevista deu pra conhecer e já gostar :)
    Obrigada por comentar no meu blog!

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante da entrevista. Já li o livro que está sendo sorteado e gostei bastante da história, só achei muito curtinho hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li Sil e também achei isso, hehehhe
      beijooos

      Excluir
  7. Oi Fernanda!
    Amei a entrevista! Especialmente a parte que ela fala dos autores e como eles são humanos, que ficam chateados com criticas ofensivas como todos, nós que mechemos com publico, com opiniões temos que ter bom sendo e tato! Gostei muito da autora!
    Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/05/resenha-o-segredo-de-indie-tara-taylor.html

    ResponderExcluir
  8. Olá Gih e Fernanda!
    Gostei bastante da entrevista com a autora. Que simpática ela!
    E que legal que a vem a bienal daqui este ano.
    Participando da promoção! :3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oii, gih.

    Já estou participando. O livro é ótimo, quero ele pra mim hehe.

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    ResponderExcluir
  10. Olá! Participando!
    Seguidora: Ferdi Reggae
    Fernanda Chaves
    flcferdi@bol.com.br

    ResponderExcluir
  11. Participando e torcendo!
    Marie dos Santtos
    mariedossanttos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Fe.

    Adorei a entrevista. Não conhecia a autora nem o seu livro, mas fiquei super curiosa. Também sou mega fã da mitologia grega e da história antiga, acho que me identifiquei! kkkkk :D :D
    Já estou participando do sorteio e torcendo muito parra ganhar.
    Bjoks da Gica

    http://umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Gih!
    A premissa do livro me deixou curiosa. E a autora é super simpática.
    Adorei a messagem dela.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    #MêsDosNamorados do Costruindo Estante. Concorra a 1 vale presente de R$ 50,00 da Saraiva.
    Participe!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não conhecia a autora nem o livro. Parece ser muito bom, gosto de livros que mostrem a realidade na qual vivemos. Bjus.

    ResponderExcluir