sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Senhora - José de Alencar

E aí meu povo, tudo bem com vocês??? Hoje estou aqui para falar de um grande clássico.
Acho que quase todo mundo aqui já leu ou pelo menos conhece a história, mesmo assim resolvi resenhar o livro, por que realmente gostei dele e acho que todo mundo que ainda não leu, deveria ler. 
E há tantas edições que com certeza uma delas, cabe no seu bolso. A versão que li está disponível na Amazon por menos de 3,00 (e-book). 

Vamos conferir??? 

Dados sobre esta edição
Título: Senhora 
Autor: José de Alencar 
Páginas: 336
Compre na Amazon
Sinopse: Narrativa dividida em quatro partes, a obra conta a história do casamento entre Aurélia, moça pobre e órfã que se acaba se tornando herdeira de grande fortuna, e Fernando Seixas, frequentador dos altos círculos da corte, mas incapaz de manter financeiramente sua vida luxuosa. Apaixonada por Seixas em seus dias de pobreza, Aurélia é trocada pelo amado por uma moça com um dote de trinta contos de réis. Em uma das reviravoltas do enredo, Aurélia acaba herdeira de grande fortuna, e atrai Seixas de volta para si, anonimamente, em troca de uma quantia três vezes maior. Na noite de núpcias, ela revela seu expediente e a partir de então, a relação dos dois se torna um jogo mordaz de intrigas, manobras sigilosas e diálogos ácidos e repletos de subentendidos.


Minha Opinião: Vamos começar esta resenha com uma confissão. Eu realmente gosto dos clássicos. Mas sempre fico com uma preguiça na hora de começar um novo. Eu sei, eu sei. Isso é muito feio. Mas é assim que é. Então esta era uma leitura que eu estava sempre adiando. Até que a situação se tornou insustentável. Como poderia, eu, Gislaine Oliveira, defensora das mulheres fortes na literatura, não conhecer Aurélia Camargo? Então resolvi que precisava ler este livro. Mas roubei. Confesso. Estou confessando todos os meus crimes hoje. Primeiramente, li esta adaptação ao lado. Que por sinal, é horrível, mas bem feito para mim. 


Senhora conta a história de Aurélia, uma jovem pobre que se apaixona por Seixas. Seixas é um crápula que só pensa em dinheiro. Ele até promete se casar com a moça, mas assim que consegue um casamento com um bom dote, ele abandona a moça. 

Aurélia não sabe o motivo para que ele tenha desistido do casamento. Ela acredita apenas que ele deixou de amá-la. Ela então descobre os motivos e resolve se vingar. Afinal, ela é capaz de aceitar ser trocada por amor. Mas não aceita ser trocada por dinheiro. É vingança o que ela quer. 

Mas como uma pobre moça, solteira e órfã poderá se vingar? 

Então a sorte lhe sorri. Ela recebe uma grande herança e resolve comprar o marido dos seus sonhos: Seixas. Na noite de núpcias, é claro que ela humilha seu amado.

"Entremos na realidade por mais triste que ela seja; e resigne-se cada um ao que é, eu, uma mulher traída; o senhor, um homem vendido. "

                             
Trecho da novela "Essas Mulheres" 

E assim que a nossa história começa. Aurélia ama Seixas, isso é notável. Mas ela é orgulhosa. E quem neste caso, não seria? Embora o ame, ela faz de tudo para desprezá-lo. Seixas não a ama. Estou convencida disso. Mas confesso que em muitos momentos, sou também enganada por ele. 



O enredo pode até parecer bobinho ou clichê. Mas não é. Seu desenvolvimento é tão bem construído, seus personagens tão marcantes, que seria muito injusto, defini-lo como clichê. Já comentei que não curto romances históricos. Mas apenas por que não aceito essas mocinhas bobas, que querem casamento, casa, comida e marido. Aurélia não é assim. Ou talvez fosse. Mas as situações, fizeram com que ela se tornasse esta mulher forte e decidida. 

" - Prove desta lagosta. Está deliciosa; insistiu Aurélia. 
- Ordena? perguntou Fernando prazenteiro, mas com uma inflexão particular na voz. 
Aurélia trinou uma risada. 
- Não sabia que as mulheres tinham direito de dar ordens aos maridos. Em todo caso eu não usaria do meu poder para coisas tão insignificantes. 
- Mostra que é generosa. 
- As aparências enganam. " 

É bem verdade, que o desfecho é bastante conservador e não me agrada de todo. Ainda assim, Senhora é um romance que choca muitas pessoas. Que exemplo de mulher ousada é este? Um bom exemplo. Quero mais mulheres assim. Amar não é um pecado. Não é erro. Não é sinal de fraqueza. Fraqueza é aceitar as coisas erradas, é aceitar ser pisoteada. Já dizia Rita (Os Sonhos de Rita - Um conto de natal) "O amor nos torna fortes". E orgulho, cá entre nós, às vezes é o que nos mantém em pé. 

Senhora é um clássico amado por muitos. Mas se todos conhecessem, ele seria ainda mais amado. É bem verdade que sua narrativa pode assustar leitores menos experientes. Mas esse é o tipo de história, que merece uma narrativa mais rebuscada. Tanto que amei o original e detestei a adaptação. Para mim, clássico deve ser lido em sua forma original. Nada contra adaptações. Acho até que elas ajudam a atrair mais leitores. Mas nada como ler o livro, em sua forma criada pelo autor. 

"E o mundo é assim feito; que foi o fulgor satânico da beleza dessa mulher, a sua maior sedução. Na acerba veemência da alma revolta, pressentiam-se abismos de paixão; e entrevia-se que procelas de volúpia havia de ter o amor da virgem bacante. "

Eu espero, de verdade, que quem ainda não leu este livro, dê logo um jeito de mudar esta situação. Tenho certeza, de que você irá curtir a história. E deixará de achar que clássicos são livros chatos, sem amor, sem paixão. E como eu disse, há tantas versões do livro, de tantas editoras, com os mais variados valores. Inclusive, o livro está em domínio público. Então falta de grana não é motivo para deixar de ler esta obra tão maravilhosa. 

O livro também teve sua adaptação para a novela "Essas Mulheres". Ainda não vi, apenas uns trechos. Mas parece muito boa. 

E por hoje é isso pessoal. Quem aqui já leu? Quem aqui está correndo adquirir seu exemplar (físico ou e-book)? Me contem! Um beijão e até a próxima!!!! 

Se você gostou da resenha, compartilhe com os seu amigos =D

7 comentários:

  1. Oi, Gih!
    Eu cheguei a assistir Essas Mulheres, mas não lembro por que desisti.
    Tenho muita vontade de ler esse livro do Alencar, pois minha primeira experiência com ele foi horrível!
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Eu já li essa adaptação, mas nem lembro da história e quem sabe um dia eu leia esse livro, tenho que tentar ler livros clássicos, a leitura parece ser interessante.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Gih, sua linda, tudo bem
    Eu li esse livro para o vestibular e amei!!!! É tão intenso os sentimentos e os conflitos dos personagens, não concordava com eles, ficava com pena deles, queria gritar com eles e me apaixonei por eles. Adoro romances épicos/históricos e esse é excelente. Ninguém escreve mais como nos clássicos, eu acho que levantavam mais discussões, era leituras mais críticas, por isso gosto tanto. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Cila sua linda, tudo bem???
      Pois é, também acho que os clássicos fazem mais críticas a sociedade do que os livros atuais.
      Acho que as vezes, alguns autores se esquecem do papel que a literatura tem.
      Para mim, os livros devem mudar as pessoas (para o melhor)
      Beijooos

      Excluir
  4. Olá Gih!
    Não cheguei a ler Senhora não. Tenho que tomar vergonha na cara que nem você e ler. Mas tem tanta coisa aqui. Mas nada me impede de baixar um pdf e imprimir.
    Amei a resenha! Aurélia deve ser uma personagem maravilhosa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é maravilhosa Ane <3 Leia já!!!!!

      Excluir
  5. Oi, Gih

    Olha, também devo lhe confessar que sinto preguiça de ler clássicos! Mas sabe o motivo? A escola! Esse negócio de "obrigar" adolescentes a lerem livros que claramente não são escritos pra eles só pelo fato de serem clássicos é um tiro no pé. E mesmo depois de velha - hahaha - a birra é tanta que eu adio essas leituras. Coisa boba, né? Mas eu ganhei Capitães da Areia e pretendo começar com ele!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir