quarta-feira, 23 de julho de 2014

Coisas que não devem aparecer nos livros

Oi Galera. Hoje é um post diferente.
Primeiramente, começo com o meu clichê de sempre: "O livro é de vocês e vocês podem tudo!" Mas, hoje, vou falar algo diferente: Os livros são dos leitores. Sim, pessoal. Nós escrevemos para eles. Então sempre vale ressaltar que quando escrevemos alguma coisa, devemos ter respeito com o leitor. Porque a partir do momento que o livro é lido por outros, você tem responsabilidade com ele.
Lembrando aqui que essa é a minha opinião. E desta vez como leitora. Uma lista de coisas que eu não acho legal e sei que muita gente também não acha. Vamos lá?

1- Sexo: Esse é um item que não me agrada nada ver em um livro. Estou falando de sexo explícito( não "deitaram na cama") . Deve ser porque eu fiquei traumatizada com Cinquenta tons, deve ser. Mas, se você optar por colocar esse item em seus livros, tome cuidado. Certifique-se de que a história é muito boa. Odeio ler um livro, cheio de sexo e nada de trama. Se for para isso, eu entro no contoseróticos.com. Outra coisa: Identifiquem para qual idade é recomendada. Sim, as pessoas transam desde os 14 anos, mas nós escritores não precisamos incentivar com uma cena para lá de quente. Outra coisa: Jamais, coloque uma cena de sexo entre adolescentes. Menores de 18 anos, não fazem sexo nos livros ok? Se eu tivesse um filho e um escritor fizesse isso, eu mandava cassar. Mas Gisa, "Justa Causa" tem uma cena de sexo. Tem! Com pessoas maiores de idade, que se amam e que usaram camisinha. Porque isso se na vida real nem sempre é assim? Porque não é vida real. É um livro. E eu quero passar uma boa mensagem. Mas, na segunda edição estou pensando em tirar essa cena. Apesar de ser uma cena romântica e bonitinha, já deixei muitas parcerias porque achava que a blogueira não deveria ler esse conteúdo. Então, se for escrever uma cena de sexo, cuidado.

2- Clichês: Então! É quase impossível você escrever um livro sem ao menos um clichê. Sabe porque? O simples fato de ter um relacionamento entre um homem e uma mulher é clichê. Apesar de que um relacionamento entre duas pessoas, hoje em dia não é mais tão clichê, é raro. Isso sim! Mas deu para entender. Mas não baseie seus livros apenas nos clichês. Ou em tudo que está fazendo sucesso. Crie o seu sucesso.

3-Palavrão: Modere! Troque palavras! Se você acha que o personagem precisa expressar suas emoções com essas palavras tudo bem. Porque nem sempre "Nossa, eu realmente fiquei chateado" vai combinar. Mas faça trocas inteligentes. "Caral... " por "merda". Eu acho que fica menos ofensivo.

4- Religião: Tome muito cuidado quando falar de religião em seus livros. Tome cuidado para não ofender ninguém. É difícil! Mas ninguém quer ser ofendido.

5-Preconceito: Cuidado! muitas vezes sem querer, criamos uma história que possa soar preconceituosa. Com religião, classe social, cor da pele, sexualidade. Cuidado! Jamais use termos como: "batuqueira, chinela, negão, veado" essas coisas. Não é agradável ler isso em um livro.

6- Informações erradas: Gente cuidado ao passar dados, trechos de textos, essas coisas de forma errada. Quando for citar uma fonte, tenha certeza de que está correta a informação. Ex: No meu próximo livro, há duas citações da bíblia. Conferi em trezentas bíblias online e umas dez físicas, se aquele trecho realmente era assim. Então cuidado com as informações.

7- Violência: Mesma coisa do item 1. Cuidado com o exagero nas cenas, cuidado para quem você destinará seus livros.


Então por hoje é isso pessoal. Peço desculpas se alguém, por algum motivo se sentir ofendido com o post. É a minha opinião. E como eu disse. Tudo pode. Mas é preciso cuidado  e moderação!!!

11 comentários:

  1. Olá Gih
    Como leitora, concordo com tudo o que você escreveu. Realmente, é preciso ter bastante cuidado com as palavras, com as cenas, com as informações, mas ao mesmo tempo criar histórias fantásticas que nos fazem teletransportar para o universo criado.

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fe!!! Que bom que concorda, heheheh :) É preciso muito cuidado mesmo, mas sem perder a essência de uma boa história. Eu concordo!!!Beijoss

      Excluir
  2. Concordo com tudo q disse, sempre bom lembrar desses detalhes até para nós meros blogueiros :D
    beijos,

    Amanda
    www.divaliterario.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, que bom que voce concorda. E é verdade, nós blogueiros também devemos ter um certo cuidado com as palavras. Araços

      Excluir
  3. Acho que o título não seria "Não devem aparecer" , acho que devem aparecer se o livro tiver "Bom Senso", se eu falo de conto mimimi tipo os do Green, o clichê é cabível, se falo de romance erótico, tem que ter o sexo para ser erótico, porque se não tiver né, não faz sentido. Agora tem lá seus lado e situações.
    Como eu disse, o bom senso literário na ideia do livro deve ser estudado. Se o conto é sobre uma gangue que quer dominar o morro, já espere tiros, porradas e bombas. Se é em maior ou menor grau de descrição, aí vai de acordo com o autor e a necessidade do fato.
    Falo isso porque meus livros de terror é puro terror gore, daquele de sair tripas quilométricas, sangue em cachoeira, praticamente um filme do Tarantino. Isso tudo porque eu tenho a ideia dos meus leitores (+18).
    Acredito que a única informação, Gih que realmente fique no NÃO DEVE TER, seria o fato das citações por alto. Uma citação errada, ou inexistente é pra matar qualquer fã, seja dos quadrinhos, religioso ou desportista.
    Dos itens supracitados por ti, acredito que Apreciar com Moderação seja o melhor remédio.

    P.S.: Sou um pouco ousado na literatura então veja meu comentário como suave na nave por um pensador "revolucionário",

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi K. Sim, foi como eu disse. Moderação ou então indicar a idade. Porque tem livro sendo vendido para adolescente de 12 anos e que não deveria. Tipo, se o livro é erótico, deve ter essa informação. Assim, como aparecem nos filmes. não indicado para menores, por conter cenas de sexo, violência e lá lá. A gente sabe que eles vão ler mas pelo menos alertamos. Araços

      Excluir
  4. O que mais me desagrada são os palavrões. Por mais forte e realista que seja a trama , acho que um livro é sempre um outro mundo e quando leio um palavrão fico desanimada. Já quanto as cenas de sexo, acho que até mesmo nos livros eróticos muitas vezes há um exagero de vulgaridade na descrição, chegando a parecer nojento. Mas realmente é uma linha tênue entre a sensualidade e a vulgaridade o escritor precisa ficar muito atento.É preciso ter conhecimento e arrumar bem as palavras, como notas de uma canção, harmonicamente e assim faz-se até mesmo do brutal e horrível, o belo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii!!! Realmente tem livros q são mt exagerados em suas descrições. É quase porno. Mas palavrões também não são legais. Abraços

      Excluir
  5. Olá Gih! Estou amando suas dicas, isso ajuda-me muito!

    ResponderExcluir