sábado, 24 de janeiro de 2015

O Poder da Honra- William R. Silva

Oiiii galera. Hoje trago para vocês a resenha de um autor muito querido que eu tive o prazer de conhecer através de um grupo de leitores no Facebook.
Ele estava doando marcadores do livro e avisando que o livro estava liberado para download gratuito.
Fui lá e baixei o livro feliz da vida e pedi a ele um marcador, avisando que tinha gostado da premissa do livro e faria uma resenha do mesmo. O William então, me cedeu um livro impresso com autógrafo e tudo.
Obrigada William. Nós agradecemos :)

Mas que tal eu parar de enrolar eu sempre enrolo, não tem jeito e conhecermos logo essa história?


Título: O Poder da Honra- Livro 1
Autor: William
Páginas: 226
Sinopse: "Redenção, o primeiro livro da série O Poder da Honra, apresenta Dionísio, um adolescente acima do peso que se revolta devido às constantes humilhações, desprezo e desilusões amorosas. Agredido moral e fisicamente, esse jovem vai de um extremo a outro em sua busca constante por aceitação e respeito. Quando tudo parece perdido e fadado ao caos, um misterioso homem surge para revolucionar sua vida. Nos dez anos seguintes, acompanhamos Dionísio em sua aventura cheia de descobertas, ação e lições valiosas junto a um grupo de Homens de Honra igualmente misterioso e fascinante. Entre tristezas, alegrias e superações, ele se transforma em um homem completamente diferente do menino tímido que fora antes"
Para Comprar ou Baixar o Livro, Clique Aqui
Skoob


Minha opinião: Bem gente, antes de começar essa resenha, quero falar sobre algo que eu considero muito importante. Não pessoal, não se preocupem. Isso não é indireta para ninguém. Graças aos deuses, eu tenho os melhores leitores do mundo. Que mesmo quando não concordam comigo, me respeitam.
Mas então, o que quero dizer é que cada um, gosta e sente de forma diferente do outro. E que bom. Precisamos aceitar e ficar felizes por isso.
Um exemplo? Quem já me acompanha sabe, o quanto eu odeio 50 tons. No começo, eu ficava indignada e julgava quem não gostava. Tipo, como alguém pode gostar disso? Mas então, eu vi que cada um sabe do que gosta ou não. E que mesmo que eu tenha odiado, outras pessoas podem amar.

Para mim, a Anastácia é a pessoa mais tonta e submissa da face da Terra. Mas isso, por que quem me acompanha aqui, sabe que eu falo mesmo e brinco e sou meio cabeça dura e teimosa e...vamos parar de queimar meu filme
Mas para outras pessoas, ela não é. Ela é decida e forte. Tudo bem.

Bem, fiz essa introdução, para dizer que uma coisa que eu interpreto de uma maneira, não quer dizer que todos interpretarão assim.

Agora, voltando a programação normal.

Em O Poder da Honra, nós conhecemos o Dionísio, um garoto gordinho, que sofre bullying. Ele vive com a mãe, pois o pai o abandonou quando ele era apenas um bebê. Mas a mãe é aquele tipo negligente que nem sabe o que está acontecendo com o filho. Resultado, Dionísio acaba apanhando na escola e revoltado, quer mudar a situação, comprando uma arma gente, é tão simples assim comprar uma arma? e resolvendo atirar nos colegas que o humilharam.
Mas antes que uma desgraça aconteça, um misterioso homem aparece e começa a ajudá-lo.
Então, vamos acompanhando Dionísio em sua mudança rumo a "evolução".

Bem gente, primeiro, devo dizer que o William escreve muito bem e que a escrita dele é leve e fácil. Você consegue ler o livro bem rapidinho. A ideia e temas abordados, também acho de extrema importância. Apesar de batido, o bullying é um tema que deve sim, ser retratado. E o William fez isso muito bem, inclusive, com um bom exemplo, do que pode acontecer, quando alguns casos chegam a extremos.

Mas infelizmente, tive alguns problemas com o livro.
Quando eu penso em evolução, logo lembro da minha sogra, me dizendo que devemos aprender a respeitar os outros, a aceitar as diferenças, a amar e a esquecer a raiva. É o que eu acho.
Mas nesse livro, evolução não está diretamente relacionado a isso. Evolução, quer dizer se tornar homem. E se tornar homem, em O Poder da Honra, diz mais respeito a aparência. A ser forte, fodão, viril. Se você é gordo, magrelo, tímido e virgem, você não tem honra e não é homem.
Me perdoem, mas um homem para mim, pode ser gordo, barbudo, careca, tímido, falante, virgem e mesmo assim, vai continuar sendo um homem.
Nesse quesito, achei o livro extremamente machista. Homens não choram, homens não amam e homens devem transar com todas as mulheres que encontrar. Como assim? Outra coisa que me incomodou, é que as mulheres nessa história mal aparecem. Elas apenas aparecem quando um homem "precisa" delas.


Eu tenho certeza de que a intenção do William, jamais seria ofender ou ser preconceituoso nessa história. Mas infelizmente, foi assim que eu interpretei os tais Homens de Honra.
Acho que o Dionísio teria se tornado um homem muito melhor, se não tivesse convivido com essas pessoas. Ele era encantador e ingênuo, até se deixar levar pelo ser "fodão".

Mas como eu disse, essa é a minha interpretação. Sei de muita gente que leu, amou e não sentiu a história dessa maneira. Mas eu preciso ser sincera com vocês, com o William e principalmente comigo.

A exceção disso e das letrinhas pequenininhas ou eu é que sou ceguinha mesmo , o William está de parabéns pelo seu primeiro trabalho. O livro terá continuações e acredito que no próximo, o William, poderá mostrar ainda mais o seu talento.
Segundo livro 

A capa também é linda e a próxima, pelo visto seguirá nesse mesmo capricho =D

Por fim, galera, quero voltar a frisar: Não funcionou para mim. Mas para você, pode funcionar.
Por isso, visitem a página do autor, participem do grupo do William, visitem o site dele, se possível comprem ou baixem o livro e espero de todo o meu coração, que curtam a história. Experimentem essa história e depois me contem.
Foto inspirada na foto de Lucas Kolombeski

Por hoje eu fico por aqui, pois a resenha saiu enorme.
E me contem aí, alguém já leu???


Já está participando da promoção de aniversário?Clique e Participe

Não se esqueça de comentar para participar do top comentarista e levar para casa todos esses prêmios.

Participe também do sorteio do livro Um Encontro para Dois. Está fácil levar um livro autografado. Clique e Participe


Participe do concurso cultural do meu livro. A melhor resposta levará para casa um livro autografado. Respostas aceitas até o dia 31-01
Confira a parte 6 que já saiu essa semana. Clique e Leia

Participe do evento de pré venda do livro Os Sonhos de Rita, lá no Facebook

E a editora já liberou o preço de capa do livro. É barato ou não é?


Entre para o meu grupo de leitores. Clique e Participe

38 comentários:

  1. Sei realmente como funciona isso que você disse, Gih.
    Eu faço uma resenha mega, hiper negativa e a pessoa diz que não vai ler o livro porque EU não gostei. Mas, pera aí... Eu não tenho poder sobre ninguém.
    Eu fiz uma resenha esculachando, literalmente esculachando sem medo de errar e sem medo de levar pedras do livro Se eu ficar. Bom, eu não sou obrigada a elogiar nenhuma obra que eu não goste só para agradar quem eu não conheço e uma editora que nem tenho parceria. Não tem o porquê de eu elogiar uma coisa que eu não curti. Mas isso não dá o direito de alguém dizer que não vai ler porque eu não gostei. Pera aí, e onde fica a opinião própria?
    Tantas pessoas falavam hiper bem do livro Se eu ficar, quando li, afff... Só não taquei na parede porque li no kindle. Se não fosse isso, acho que ele estaria até hoje no terreno do vizinho.
    Então, acredito que a sua opinião negativa não vai influenciar a minha e nem deve. Como você disse... Se não funcionou para você, poderá funcionar para mim.
    Gostei da premissa do livro, achei interessante o protagonista sofrer bullying e tentar acabar com isso. Acredito que o fato de o garoto adquirir uma arma é um meio desesperador de ele tentar resolver ou minimizar a situação. E, sim, acredite você ou não... Dependendo do lugar que ocorra o livro, é fácil conseguir uma arma SIM. Lamentavelmente.
    Quanto à obra... Ela parece ser interessante e fiquei curiosa para ler.
    No mais... Eu só fiquei curiosa para ver a quantidade de páginas que tem o livro, você deixou o espacinho em branco rs.
    Gente, eu falo demais, tá... Parei HAHA.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Naty, hahhahah, esqueci mesmo, mas agora já preenchi, hahha e olha que eu reviso antes de colocar aqui. :3
      Pois é, sobre a arma, já imaginei algo assim. Mas eu moro em um lugar super calmo, as vezes acho que estou meio distante de algumas coisas sabe? Como se essas coisas não existissem de verdade. Coisas de morar no interior, hahahha
      Também odiei Se Eu Ficar. Nem li o livro, mas olhei o filme e desisti. hahhah, adorei o livro no vizinho, kkkk
      ele ia amar, ahhaha
      E pense pelo lado bom, sua opinião vale muito, kkkkkk
      Eu leio resenhas para ter uma ideia maior do livro, mas não para saber se devo ler ou não. kkk
      Como eu disse, espero do fundo do meu coração, que todos possam ler e quem sabe curtir. Se ler, me conta depois. Beijooos

      Excluir
  2. Eu penso que mesmo que você não tenha gostado, eu compro para ter a minha visão do livro!
    cada pessoa tem um entendimento e uma conclusão, não somos donos da verdade!
    Vou deixar na minha lista para avaliação,amiga!
    Obrigada pela dica!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Ely. Isso mesmo. Concordo muito com você :)
      Beijooos

      Excluir
  3. Oi Gih!
    Amei a sinopse, parece ser ótimo!
    Quero ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale, espero que leia e goste. Beijooos

      Excluir
  4. Esse livro parece ser mto bom, eu leria sim.
    Bem, falando sobre a trilogia 50 tons.. eu amo, acho perfeita demais <3 kkkkk Cada um com sua opinião, eu respeito.
    Beijos!
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii. Que bom né? Se todos gostassem das mesmas coisas, nós autores estaríamos perdidos, kkk
      Beijooos

      Excluir
  5. Ainda não conhecia,com certeza cada pessoa que lê um livro tem um visão diferente dele,e o melhor de tudo é que temos uma opinião própria de cada livro que lemos.
    Mas mesmo assim,fiquei curiosa para saber mais um pouco da história.
    Beijos flor
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Erika. Isso mesmo :)
      Espero que possa ler e tirar suas próprias conclusões <3
      Beijooos

      Excluir
  6. Eu não conhecia o livro, mas não fiquei com muita vontade de lê-lo não. Pra ser bem sincera, apesar de imaginar que não tenha sido a intenção do autor expressar esse machismo que você disse, mas esse ponto me deixou receosa. E concordo com você em número, gênero e grau em relação a evolução do ser humano.
    Gostei da sua resenha, bem sincera. ^^
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamilla. Pois é. Tenho certeza de que não foi a intenção do autor. Mas te entendo. Eu talvez também ficaria receosa :(
      E que bom que vc concorda comigo <3 Beijooos

      Excluir
  7. Oi, tudo joia?
    Que bacana ele foi com você :D
    Enfim, não conhecia o livro, porém me interessei bastante, vou buscar saber mais sobre a obra

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joice. Procure sim. O autor é um amor. Beijooos

      Excluir
  8. Estou te amando nesse momento Gih :) É o que eu sempre falo quando comento sobre qualquer obra seja no blog ou em conversas no dia a dia, cada um tem que ler e ver o que acha. Eu mesmo li Louca por Você por conta de uma resenha mega negativa, eu leio resenhas para saber o que as pessoas pensam sobre determinada obra e não para definir se devo ou não ler. Se eu quero ler nem me importa se só tem resenhas negativas eu vou ler e pronto! Então eu entendo você quando fala que sentiu algo que não fez a leitura ser tão bacana quanto você esperava, foi ótimo ver sua opinião sincera e espero em breve tirar minhas próprias conclusões.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Jhey. Continue me amando sempre, kkkk
      Pois é, é isso mesmo. Eu leio resenhas, mas só p saber o que as pessoas estão falando. Debater e tal.
      Espero que possa ler e depois me conta o que achou :)
      Beijoooos

      Excluir
  9. Olá!

    Isso de não se identificar com a história e ver outros adorando já aconteceu comigo, te entendo. E quanto a história, não é muito o meu tipo, principalmente pela macheza em excesso, enfim, não curti muito. Excelente resenha.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila. Que bom que gostou da resenha. pois é, isso acontece direto comigo :3
      Beijooos

      Excluir
  10. Oii Gih, tudo bem??
    Não me interessei tanto pela história. Não chamou tanto a minha atenção, infelizmente... Mas gosto é gosto, não é mesmo? Pelo que você disse, pareceu machismo mesmo, mas não posso falar a respeito porque não li a obra. A capa é linda, mas não sei se leria. Mas, além disso, o autor foi bem legal em te dar o livro autografado!
    Beijos!

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Ana. Siim, o autor é um amor, por isso sei q de jeito algum a intenção dele foi ser machista. Só acho q em alguns momentos, ele n soube se expressar muito bem. Mas só lendo mesmo pra saber :)
      As capas são lindas né? Elas são brilhosas ainda :)
      Beijooos

      Excluir
  11. Eu não gosto de 50 tons também hehhe. Mas tenho amigas que amam. É como você falou cada um gosta de uma coisa e se não fosse assim que graça teria o mundo? Acredito que uma resenha negativa não influencia os "verdadeiros leitores". Se for medir pelos comentários tem gente que nem lê o que escrevemos nas resenhas. Você fala que não gostou e eles entendem outra coisa. Já aconteceu varias vezes de eu ver uma resenha super negativa e ir lá ler o livro só para tirar as minhas próprias conclusões. Quanto ao livro vou ler já que tem de graça mesmo para baixar. mas o que deu a entender que de "honra" esses homens pouco tem.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Sil. Hhaha, nem me fale sobre esses comentários, hahha, raramente pego algo do tipo, mas se pego.... kkkkkk
      E fico feliz que n goste, kk. Mais uma pro time. kkk. Espero que vc leia e curta. Depois me conta :)
      Beijooos

      Excluir
  12. Oi Gih!
    Em breve começarei a leitura de O Poder da Honra e apesar dos pontos negativos li algumas resenhas positivas também, então só me resta ler e tirar minhas próprias conclusões.
    E não crucifico ninguém por ter um gosto diferente do meu (algumas pessoas me xingam por preferir os livros de Diários do Vampiro do que a série, acredita??), mas enfim, gosto é gosto e cabe a cada um de nós respeitar os outros...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Angélica. Com certeza e que bom que os gostos são diferentes né? hahah, eu n gosto de vampiros, então nem posso comentar a respeito, kkkk
      Mas espero que vc leia o livro e curta a leitura :)
      Beijooos

      Excluir
  13. Olá Gih!
    Gostei bastante da resenha do livro. E é verdade, temos que ser sinceros com esse tipo de coisa. E olha, eu concordo com o que você comentou sobre os tipos de homens, eles não precisam ser os super machões fortões e musculosos. Ok que alguns são uma delícia assim. Mas o meu namorado tá bem longe disso!
    Amo-o do jeito que ele é! Tendo banha, tendo barba e até chorando. (Sim, ele já chorou na minha frente.)
    E se você achou machista imagine eu né? Eu não sou uma "feminazi", mas ficaria injuriada em ter uma obra que nem mulheres aparecem. (A não ser que seja um yaoi.)
    E quanto ao 50 tons... Bem, eu não tenho vontade nenhuma de ler. Já me contaram a história e pronto!
    Alias, se eu quiser consumir o tipo de coisa que tem naquele livro, eu irei ver um anime hentai ou ler um hentai e até um yaoi. Eu em!
    Desculpe! Falei muitas besteirinhas aqui!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ane. Hhaha, eu estou bem longe de ser uma "feminazi" kkk. Bem pelo contrário, sou até meio machista no sentido de defender os homens, kkkk
      Amo os homens de todos os jeitos e sabores. kkkkk.
      Não, falando sério mesmo, digo isso pq graças aos céus, na minha vida só conheci homens maravilhosos então os defendo com unhas, garras, dentes e o que precisar. E nenhum deles é forte e nada disso, hahah
      Para ser bem sincera, eu gosto mesmo é dos gordinhos, kkkk
      Mas sei que o autor não quis ser preconceituoso e nada disso. O William é um amor e sei que ele jamais faria isso. Mas seu eu não conhecesse o autor, com certeza acharia que foi preconceito.
      Ahhh nem leia 50 tons. perda de tempo, hahahahah
      Respondi com mts besteirinhas, hhahhahah
      Beijão

      Excluir
  14. Oi Gih! Gostei muito da resenha do livro, eu fiquei bem curiosa com a história e depois quero até baixar pra ver como é (depois que sair da avalanche de livros que caiu sobre mim). Eu acho que a história deve ser muito legal, e creio eu que, esse negócio de ser todo fodão e machão deve mudar de acordo com o correr dos outros livros (creio eu que). Amei a resenha! E a capa desse livro é completamente perfeita! Também amei o jeito que você tirou as fotos, achei bem legal a que tem o garfo e a faca! Bjos :**

    http://www.mar-de-ideias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Lou. baixe sim e leia. Depois me conta :)
      Pois é, pelo que vi no final, acho que o Dionízio vai tomar jeito, ahhaha. Tomara, pq ele é um personagem que tem tudo para ser encantador :)
      Beijoooos

      Excluir
  15. Achei bastante produtivo o seu post!

    Você me deu o que eu precisava : Uma oportunidade de explicar com mais clareza vários pontos do livro e evitar interpretações erradas ( Tipo as que você teve, infelizmente....) Não vou entrar em muitos detalhes, mas pretendo fazer um vídeo baseado na sua sua resenha.


    Mais uma vez parabéns pelo blog!

    Eu sempre leio suas resenhas ( e continuarei lendo sempre), acho elas perfeitas e bem sinceras.

    Grande abraço!

    W.R.Silva ( O Autor )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi William. faça sim. Acho muito válido. Eu também já fiz umas postagens assim e acho muito bacana. Por que afinal, foi como eu disse, foi assim que eu interpretei. Mas sei que essa não era a sua intenção.
      Fico imensamente feliz que goste das resenhas. Um grande abraço e todo o sucesso do mundo

      Excluir
  16. Oi Gih. O 50 Tons também não funcionou para mim, mas acho que eu até que ia gostar de ler esse livro. Vou pesquisar para ver se acho ainda para download gratuito. Fiquei bem curiosa para ver se vou achar o mesmo que você ou se vou adorar o livro. :D Depois que ler eu conto. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Gi. Espero que vc goste :) Conte sim <3
      Beijooos

      Excluir
  17. Gih, gosto muito do seu jeito de resenhar! Menina, a sua sinceridade serve de estímulo para qualquer autor que realmente tem o desejo de melhorar a si mesmo e não receber elogios gratuitos. Ser sincero em uma resenha demonstra que somos honestos com o que lemos e com os nossos leitores, que esperam de nós uma opinião clara. Apesar disso, entendo como você que cada um tem sua própria experiência com o que lê e essa nem sempre é compartilhada – e nem deve ser. A beleza da literatura é essa! Encontrar quem goste e quem não goste de uma mesma obra… Entender que somos diferentes pessoalmente e como leitores.
    Sobre esse livro, achei a ideia do autor muito realística. Infelizmente, é o tipo de cultura que ensinamos aos homens. E quando digo "ensinamos", me refiro à sociedade: você, eu, todos nós.
    Eu também acho que um homem de verdade pode ser gordo, magrelo, tímido ou extrovertido, belo ou feio. Independentemente da sua aparência, valorizo muito mais a sua POSTURA, o seu potencial e, principalmente, a sua coragem em ser ele próprio a despeito dos outros. Não existe homem mais HOMEM para mim do que aquele que fala o que pensa, sem nunca desrespeitar a dignidade do outro e sem medo de estar sozinho nessa. O meu marido é assim. E, quando o conheci, ele não era NADA do que sempre valorizei na APARÊNCIA de um homem. Ele era magro, mais baixo que eu e usava roupas muito "certinhas". Eu sempre gostei mais das vestes hard core ou punks em um homem (hahaha). Mas, cara, ele tinha "aquilo", sabe? Uma segurança pessoal, uma personalidade, uma presença. Ah, foi irresistível! Ele passou a ser BONITO para mim, ainda que não tivesse tatuagens, piercings ou um cabelo arrepiado como sempre gostei no visual masculino.
    Vai entender o coração das mulheres? Hahaha. Só posso dizer que o que o autor trouxe é um estereótipo masculino muito TRISTE, mas REAL. Há homens que só se SENTEM homens se são aceitos por outros homens. E só poderão ser aceitos se usarem as mulheres, se forem sarados e belos. Uma pena. Fiquei com vontade de ler o livro para entender melhor esse sentimento masculino.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fran. Pois é, mas isso é tão triste né? Esses padrões que são colocados. E aí vemos que não somente mulheres, mas homens também sofrem com isso. Espero que você tenha a oportunidade de ler esse livro e depois me conte o que achou.
      Ah, aliás, muito obrigada pelos elogios <3
      Beijooos

      Excluir
  18. Eu adoro as suas resenhas. São divertidas demais de ler! Ah, eu ja conheço esse livro, pare muuuuuito bom!!
    Bjo

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Markus. Obrigada. Espero que você curta a leitura, heheh
      Beijooos

      Excluir
  19. Achei muito boa a resenha!!! Só não concordo que o Dionísio era uma pessoa encantadora na sua condição inicial. Tampouco vejo a ingenuidade como uma qualidade que ele perdeu. O autor realmente fala sobre a importância do homem assumir uma postura física mais viril e forte, porém também ressalta bastante o crescimento pessoal integral. Abraço a todos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo, que bom que gostou da resenha e mais ainda que gostou do livro e o interpretou de uma forma diferente :) , o William merece todo sucesso :)
      Um grande abraço

      Excluir